Flamengo tem dívida de R$ 44 milhões por reforços que não vingaram, como Léo Pereira e Michael

Clube deixou os pagamentos para serem feitos em 2021

O Flamengo pagará um preço alto por conta dos reforços que não deram certo em 2020. De acordo com o portal “UOL”, o clube rubro-negra terá que pagar uma quantia de R$ 44 milhões por reforços que não vingaram em 2020, como Léo Pereira, Gustavo Henrique, Pedro Rocha e Michael.

A maior parte deste valor se refere às compras de Léo Pereira e Michael, que ainda custarão, respectivamente, R$ 18,5 milhões e R$ 25 milhões aos cofres rubro-negros. No entanto, por conta da pandemia, o clube conseguiu chegar a um acordo com Athletico-PR e Goiás para realizar esses pagamentos somente em 2021.

Ao todo, o último balancete do Flamengo, feito em setembro, registra um valor de R$ 240 milhões em contratações para serem pagos, entre direitos econômicos, comissões e luvas. Cerca de R$ 130 milhões são referentes as contratações de Gerson e Gabigol.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui