Prejuízo financeiro em eliminação do Flamengo pode dificultar permanência de Pedro

Rubro-Negro terá menos R$ 25 milhões de receita que o planejado

Além do critério esportivo, as eliminações do Flamengo na Copa do Brasil e na Libertadores têm um impacto financeiro bastante grande no clube carioca. Com projeções otimistas em relação aos torneios, o Rubro-Negro pode ter nessas derrotas um obstáculo para concretizar algumas operações, como a manutenção do atacante Pedro, artilheiro da equipe na temporada, que pertence a Fiorentina.

O Rubro-Negro planejava chegar ao menos até a semifinal da Libertadores e da Copa do Brasil. A eliminação para o Racing fez com que a equipe deixasse de lucrar 3,5 milhões de dólares (cerca de R$ 18 milhões na cotação atual). A derrota para o São Paulo na Copa do Brasil evitou que os cariocas obtivessem mais R$ 7 milhões. Ou seja, R$ 25 milhões a menos nos cofres rubro-negros em relação ao que foi previsto no início da temporada.

Além da renovação de Pedro, o Flamengo planeja outras operações financeiras que poderão ficar comprometidas como a renovação com o goleiro Diego Alves, a tentativa de manter o volante Thiago Maia e o atacante Pedro Rocha, além de uma pendência financeira que o clube carioca tem com o ex-treinador Domènec Torrent. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui