Landim ‘pisa o pé no freio’, descarta medalhão pelo alto salário e deixa caminho aberto para o São Paulo fechar contratação

Equipe carioca não nega que está atrás de defensor para reforçar elenco, mas busca negociação viável

Um dos grandes deméritos do técnico Domènec Torrent e que o fez ser demitido foi o fraco desempenho da defesa do Flamengo, que vazava muitas vezes e em jogos consecutivos no comando do espanhol. Não atoa, várias goleadas foram registradas e a defesa sofreu 30 gols no Brasileirão em 21 jogos.

Dessa forma, alguns jogadores defensivos são oferecidos ao clube fora das quatro linhas, principalmente zagueiros. Segundo a informação do site do jornal O Dia, o zagueiro colombiano Juan Quintero, que trabalhou com Rogério Ceni no Fortaleza, é um dos nomes que chegou nas mãos da diretoria.

Sendo assim, de olho em um reforço defensivo por conta da inconstância dos zagueiros do elenco, o nome de Miranda, que atua no futebol chinês, veio a tona. Porém, segundo a informação da reportagem do site Bolavip Brasil, por conta dos altos custos com a possível contratação, o presidente Rodolfo Landim descartou a contratação.

Ainda sem um acerto com um defensor, outro zagueiro entrou em pauta no Flamengo: segundo o site Gazeta Esportiva, o paraguaio Fabián Balbuena pode ser reforço do clube carioca. O zagueiro ficou conhecido no futebol brasileiro ao defender o Corinthians e ser campeão brasileiro na equipe paulista.

Com o salário na casa de R$ 1 milhão, o Flamengo, que busca cortar gastos com o futebol, não deve avançar na contratação de Miranda, abrindo espaço para o experiente defensor ser contratado pelo São Paulo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui