Conselho de Administração do Flamengo recebe denúncia contra Marcos Braz

Pedido de investigação sobre suposto "uso da máquina do clube" nas eleições municipais foi solicitado por José Carlos Peruano, candidato à presidência do Flamengo em 2018

Proposto pelo sócio proprietário José Carlos Peruano, o pedido de abertura de comissão de inquérito para investigar suposta “utilização da máquina do clube” por Marcos Braz, vice-presidente de futebol, chegou ao presidente do Conselho de Administração do clube, Bernardo Amaral, ao ser encaminhado por Antonio Alcides Pinheiro, presidente do Conselho Deliberativo, nesta segunda-feira

A informação foi inicialmente publicada pelo “UOL”. Em seu pedido (publicado na íntegra pelo portal), Peruano – que foi candidato à presidência do Flamengo em 2018 – demonstra “preocupação a utilização da máquina do Clube pelo Sr. Vice-Presidente Marcos Braz, na sua campanha à Vereador do Estado do Rio de Janeiro” – Braz (PL) acabou eleito com mais de 40 mil votos, sendo o sexto vereador mais votado no município.

Leia mais: Celso Portiolli irá comentar Flamengo x Racing no SBT

Em seu pedido de abertura de uma investigação detalhada do caso, José Carlos Peruano ainda destacou três fatores, em documento enviado ao presidente Rodolfo Landim e ao Dr. Antonio Alcides Pinheiro da Silva Freire, presidente do Conselho Deliberativo: “uso das cores rubro-negras; uso de dizeres que remetem ao Flamengo (“no Rio, não em outro igual”, “gelo no sangue”); e uso de funcionários do Flamengo, pedindo voto para ele nas dependências do Clube.”

Agora, caberá a Bernardo Amaral, presidente do Conselho de Administração avaliar e definir se existem elementos para a abertura de um processo de investigação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui