“Já chegaram propostas”; atacante descartado por Braz indica saída do Flamengo

O atleta tem contrato até o final deste ano, seu contrato não será renovado e propostas de outros clubes já foram formalizadas; jovem conviveu com algumas lesões

Braz é o homem forte de futebol do Mengão — Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

Jogar no Flamengo virou sonho de consumo para praticamente todos os jogadores. O clube paga em dia, tem uma estrutura comparada com os gigantes europeus, disputa títulos há pelo menos cinco temporadas, foi campeão na maioria das competições até aqui e tem tudo para se tornar uma potência ainda maior no continente sul-americano.

Claro, que por conta de toda essa concorrência, alguns atletas ficam sem espaço no elenco e acabam sendo liberados, emprestados ou vendidos. Hoje, para brilhar no Mengão, a qualidade tem que ser muito grande. O patamar é outro, como bem disse Bruno Henrique depois de um clássico ‘quente’ contra o Vasco, no Maracanã, no segundo turno do Brasileiro da temporada passada.

É a situação semelhante que passa o atacante Thiago Santos. O jovem se recuperou de uma grave lesão, só tem contrato até 31 de dezembro e não está nos planos do Flamengo. Em entrevista à ESPN, o atleta falou sobre seu futuro, disse não ter sido procurado por ninguém do clube carioca e confirma propostas recebidas de outros times.

Meu contrato vai até dia 31 de dezembro. O mais importante agora é voltar a treinar, pegar ritmo. A gente já recebeu algumas propostas. Não me procuraram para renovar meu contrato, então, a gente está analisando para ver o melhor para mim, para meu futuro. A gente quer fazer a melhor escolha, seja no Flamengo ou em outro clube”, explicou.

O jogador também admitiu que há alguns times do Brasil interessados, mas não há nada definido ainda. O vice-presidente de futebol do Fla, Marcos Braz, tem carta branca da alta cúpula flamenguista para determinar chegadas e saídas de jogadores.

Tinha alguns do Brasileiro, que a gente não pode revelar, alguns de fora do Brasil. Mas o que importa é que tive essas propostas e nós vamos analisar. Já chegaram propostas e sondagens. Porque meu contrato vai até dia 31, então, vou analisando para ver o que é melhor para a minha carreira”, concluiu.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui