Com Rodrigo Caio e Isla em campo, Flamengo tem 80% de aproveitamento

De olho na consistência! Lateral e zagueiro, incontestáveis na equipe titular, possuem grandes chances de voltar nesta terça, contra o Racing, em decisão pela Libertadores

O Flamengo está a três dias de decidir o seu destino na defesa do título da Libertadores. O clube trata as voltas de Rodrigo Caio, Isla e Pedro, todos desfalques no jogo da ida contra o Racing, o rival das oitavas de final do torneio continental, com otimismo, visando o duelo da volta, nesta terça, no Maracanã. E o time rubro-negro tem um aproveitamento admirável com a dupla do sistema defensivo atuando junta.

Foram apenas cinco jogos que o Flamengo, ainda sob o comando de Domènec Torrent, teve a oportunidade de escalar os seus incontestáveis lateral-direito e terceiro zagueiro entre os titulares, que colaboraram na conquista de quatro vitórias, todas pelo Brasileiro – diante de Santos (quando o chileno estreou e entrou no decorrer da partida), Bahia, Fortaleza e Fluminense.

Já a derrota, por sua vez, foi histórica: a acachapante por 5 a 0, contra o Independiente Del Valle, ainda na fase de grupos da Libertadores. Este jogo atípico para o histórico recente do clube na competição desregula a balança no saldo de gols do Fla com a dupla junta, mas, ainda assim, há “neutralidade”: foram dez gols marcados e dez sofridos pelo Rubro-Negro, nos cinco jogos em que Rodrigo Caio e Isla atuaram lado a lado.

O fato é que a dupla conta com a confiança do torcedor, desconfiado quando o assunto é sistema defensivo, o calcanhar de aquiles do Flamengo ao longo de toda a temporada e que já não poderá ter os jovens promissores Thuler e Natan, suspensos, neste dia 1º.

E as prováveis voltas do lateral-direito e do zagueiro titulares é um alento para que o time de Rogério Ceni atinja a almejada consistência e avance às quartas de final da Libertadores.

Em tempo: o próximo jogo entre Flamengo e Racing será realizado nesta terça-feira, às 21h30, no Maracanã, com o Rubro-Negro tendo a vantagem de poder empatar sem gols para passar de fase – na ida, empate em Avellaneda (1 a 1).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui