‘Decisão’ na Libertadores pode influenciar em orçamento do Flamengo em 2021

Rubro-Negro viveu ano com perdas financeiras em 2020

Com negociações pela frente nos últimos dias do ano, envolvendo a permanência de Pedro, Pedro Rocha e a renovação de Diego Alves, o Flamengo está a poucos dias de um momento decisivo não somente na temporada, mas em relação ao seu planejamento para o ano que vem. A partida contra o Racing é vista como um possível “divisor de águas” no clube carioca. As informações são do portal “UOL”.

Com uma temporada atípica por conta da crise financeira gerada pela pandemia, o Flamengo teve perdas financeiras grandes em 2020. De acordo com site, a equipe carioca deixou de arrecadar cerca de R$ 200 milhões com bilheteria, sócio-torcedor e diretos de televisão, que foram deslocados para 2021. 

Além disso, o Flamengo já teria sofrido prejuízo financeiro por conta de uma meta esportiva que não foi alcançada. O Rubro-Negro planejava chegar ao menos na semifinal da Copa do Brasil. A eliminação contra o São Paulo tirou cerca de R$ 7 milhões dos cofres do clube carioca.

Neste cenário, o clube precisa manter a meta de premiação da Libertadores que é de chegar ao menos até a semifinal. Caso isso aconteça, o Flamengo vai acumular cerca de 3,5 milhões de dólares (cerca de R$ 18,7 milhões) em receitas com premiação.

Por conta disso, o Rubro-Negro enxerga a partida de terça-feira como uma verdadeira decisão, tanto dentro de campo, quanto fora dele. Caso consiga eliminar o Racing, o Rubro-Negro ainda terá pela frente o Internacional ou o Boca Juniors para tentar cumprir a meta de chegar ao menos até a semifinal da competição.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui