Braz diz que Flamengo não cogitou Renato Gaúcho para o lugar de Jesus: ‘Queríamos estrangeiro’

Treinador vinha sendo especulado pela imprensa

Com a saída repentina de Jorge Jesus do comando do Flamengo, no início do ano, o nome de Renato Gaúcho era especulado pela imprensa brasileira para assumir o clube, no entanto o treinador foi “ignorado” após a saída do português e, mais recentemente, Domènec Torrent.

Marcos Braz, vice-presidente do Flamengo, afirmou em entrevista ao Arena SBT, que não passou pela cabeça da diretoria a contratação do treinador do Grêmio. Com a saída do Mister, antes do Campeonato Brasileiro, o clube priorizou técnicos estrangeiros. 

“Eu entendia que a linha que tínhamos que estar era de um estrangeiro. Naquela época, vimos o Rogério como possibilidade em um momento próximo, mas, naquele momento era a certeza de trazer um estrangeiro”, relatou o dirigente do Flamengo.

Após a saída de Dome, o dirigente revelou que teve facilidade e rapidez durante as negociações com Rogério Ceni. “Quando decidimos a troca de treinador, fizemos de uma maneira rápida e dentro do possível segura. Fomos precisos e o Rogério está aqui dentro e estou me dando muito bem e acredito muito no trabalho dele”, concluiu Marcos Braz.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui