“O problema está na cabeça”, afirma Rogério Ceni após eliminação na Copa do Brasil

O Flamengo perdeu por 3×0 para o São Paulo nesta quarta-feira (18), e deu adeus à disputa da Copa do Brasil. Com duas derrotas nos dois jogos válidos pelas quartas de final, o Rubro-Negro foi eliminado pelo Tricolor paulista, que registrou o placar agregado de 4×1 nos duelos. Ao final do confronto, em entrevista coletiva, o técnico Rogério Ceni falou sobre o psicológicos dos atletas, e garantiu que o problema está em lidar com partidas grandes e decisivas.

– Jogo muito parecido com o do Maracanã. O Flamengo dominou o primeiro tempo. Infelizmente o momento faz com que a bola passe próxima do gol e não entre. Na primeira oportunidade do São Paulo, saiu o gol. Aí entra a parte psicológica -, disse o treinador, antes de prosseguir:

– Nós temos que fazer o nosso melhor para ter todos fisicamente inteiros, mas, mais do que isso, o problema está aqui (na cabeça). O problema está em fazer grandes jogos. É notório que o lado psicológico é afetado quando sofre um gol -, concluiu.

Vale lembrar que, na última entrevista coletiva concedida por Marcos Braz, vice-presidente de futebol do Flamengo, o repórter João Pedro Granette, do Coluna do Fla, questionou sobre a importância de ter um acompanhamento psicológico para a equipe, mas o assunto foi minimizado pelo dirigente.

Sem tempo para descansar, o Flamengo precisa mudar o foco e se concentrar no próximo desafio: o jogo contra o Coritiba. A partida, válida pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro, será disputada no sábado (21), às 19h (horário de Brasília), no Maracanã.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui