Flamengo decide tratamento sem cirurgia, mas Lille pode influenciar em procedimento; volante não joga mais em 2020

Caminhos traçados para o tratamento de Thiago Maia, basta saber se todas as partes estão de acordo; família, Flamengo e estafe do atleta já estão preparados

FOTO: ALEXANDRE VIDAL/FLAMENGO

Thiago Maia e Flamengo já preparam programação e traçam caminhos para dar início à jornada de recuperação da grave lesão no ligamento do joelho esquerdo do jogador. O Departamento Médico Rubro-Negro deve optar por seguir um tratamento mais conservador, sem a necessidade de cirurgia. A decisão ainda depende do aval do Lille, detentor dos direitos econômicos do jogador.

A informação foi publicada pelo jornalista Venê Casagrande no portal “O Dia”. O volante já alinhou com familiares e representantes de sua assessoria, a rede de apoio necessária para o suporte no período de tratamento no Centro de Treinamento do Flamengo. O atleta deve fazer trabalhos em sua residência. Todos os envolvidos na empreitada estão apreensivos, pois há o risco de que em 45 dias não se observem avanços e a conclusão seja ter que fazer a cirurgia. Tal opção é vista como mais perda de tempo.

Toda a situação apurada pela reportagem de Venê Casagrande, depende da autorização do Lille. O clube francês emprestou o volante até julho de 2021; no entanto, a crença é que não haverá objeção dos franceses pela opção do tratamento conservador. O médico do Lille, Thibaut Boitel, sem entrar em muitos detalhes, disse que o clube europeu está ciente da situação do jogador e que, em breve, se pronunciará de forma oficial.

Thiago Maia só deve retornar aos gramados em 2021 – Alexandre Vidal/Flamengo

O Mais Querido do Brasil se limitou a emitir uma lacônica nota: “Thiago Maia sofreu lesão ligamentar grave no joelho esquerdo. Departamentos Médicos de Flamengo e Lille debatem a conduta do tratamento”.

O volante sofreu a contusão no segundo tempo do jogo de sábado, contra o Atlético-GO, no Maracanã, recebendo atendimento médico no momento da lesão. Até tentou prosseguir na partida, mas não houve condições e teve que ser substituído.

Embora não tenha acusado dores no dia da reapresentação do elenco, na segunda-feira(16),  o jogador indicou que estava com incômodo. Ao realizar exames no mesmo dia, o resultado estudado pelos médicos apontou a grave lesão.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here