‘Não tinha o que fazer’, diz presidente do Fortaleza sobre ida de Ceni para o Flamengo

Mandatário disse entender a decisão do treinador

O presidente do Fortaleza, Marcelo Paz, falou sobre a perda do técnico Rogério Ceni para o Flamengo. Em entrevista ao “Seleção SporTV”, ele disse entender o desejo do treinador, mas que esperava que ele tivesse cumprido seu contrato até o fim. 

“Não esperava que acontecesse essa saída. Esperávamos concluir o contrato, que era até fevereiro. Montamos o elenco para isso, mas teve uma mudança de planos. Entendemos o que aconteceu pelo tamanho do Flamengo. Não acho que seja o certo, mas temos que olhar para frente e agradecer muito o Rogério. Agora, temos que virar a página, buscar um novo treinador para continuar com o nosso projeto, que é de fazer do Fortaleza um clube que permaneça na Série A”, afirmou Marcelo.

“Todo treinador de clube grande que caía no Brasil, o pessoal falava que o Rogério era o favorito. Aconteceu de novo, assim que foi confirmada a saída do Dome. Depois do voo de Curitiba para Salvador, o Rogério me procurou e eu até sabia o motivo. Ele explicou que o Flamengo oferecia a estrutura esportiva ideal, que já tinha dado muitas negativas e que desta vez ele iria aceitar. Não tinha nada que eu pudesse fazer para segurá-lo”, completou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui