Hugo vacila, e Flamengo perde para o São Paulo na Copa do Brasil

Flamengo e São Paulo entraram em campo na noite desta quarta-feira (11), em partida válida pelas quartas de final da Copa do Brasil. O jogo foi disputado no Maracanã, às 21h30 (horário de Brasília), e o Mais Querido buscava a vitória na estreia de Rogério Ceni, seu novo treinador.

Com a ausência de alguns atletas importantes, mas com o retorno de peças fundamentais, o Flamengo entrou em campo com Diego Alves, Matheuzinho, Léo Pereira, Gustavo Henrique e Renê; Arão, Gerson, Vitinho e Michael; Bruno Henrique e Gabigol.

No primeiro jogo comandado por Rogério Ceni, o Flamengo apresentou uma postura totalmente diferente das últimas partidas, dominando completamente a primeira etapa e sendo responsável por ditar o ritmo de jogo. Com boas chances de abrir o marcador, o Mais Querido chegou a balançar as redes com Gabigol, mas a arbitragem assinalou impedimento. Nas demais coportunidades, o Rubro-Negro não coseguiu vencer Thiago Volpi, encerrado os primeiros 45 minutos sem gols. Logo nos primeiros três minutos do segundo tempo, um gol para cada lado e um jogo lá e cá. Todavia, o Flamengo manteve o domínio e criou muitas chances de ampliar o marcador, mas não conseguiu voltar a balançar as redes. Nos minutos fianis, Hugo vacilou, errou na saída de bola, entregou o gol para o adversário e permitiu a vitória adversária. Flamengo 1×2 São Paulo.

O JOGO:

O jogo começou bem pegado, e o Flamengo teve uma boa chance de abrir o marcador logo aos três minutos. Gabigol comandou a jogada pela direita e achou Vitinho, que bateu bem, mas parou na defesa de Volpi.

Com uma nova postura, o Flamengo marcava pressão e já apresentava linhas defensivas mais compactas. Aos 15 minutos, uma EXCELETE chance pro Mais Querido começar com vantagem no placar. Gerson roubou na saída de bola, Vitinho arrancou e tocou para Gabigol, que acompanhou a jogada. No entanto, na cara do gol, o camisa 9 perdeu uma chance incrível e tocou para fora.

No lance seguinte, Bruno Henrique ganhou da defesa adversária e encontrou Gabigol, que acertou um FOGUETE rumo à meta do adversário. Mas Thiago Volpi, ligado, fez ótima defesa.

Aos 25, gol anulado de Gabigol. No segundo jogo pós lesão, o atacante voltou a balançar as redes a favor do Mais Querido, mas foi marcado impedimento.

Aos 48, nos acréscimos, mais uma ótima oportunidade do Rubro-Negro. Vitinho roubou a bola no campo de ataque, driblou e encontrou Bruno Henrique, que finalizou. Toavia, Thiago Volpi fe mais uma grande defesa e impediu o primeiro gol do Mais Querido.

Na primeira etapa, o Flamengo protagonizou uma atuação muito distinta do time de Domènec Torrent. Rápido nos ataques e contra-ataques, compacto na defesa e coordenação ofensiva, o Rubro-Negro dominou o confronto e ditava o ritmo de jogo, sendo muito mais efetivo e encerrando os primeiros 45 minutos com sete finalizações.

Para o segundo tempo, o Flamengo voltou com alteração: Michael saiu de campo para a entrada de Arrascaeta. No entanto, no primeiro minuto de jogo, gol do São Paulo, que abriu o marcador na primeira finalização em toda a partida. Mas, não demorou para o Mengo responder e, aos três minutos, GOL DO HOMEM! Gabigol volta a balançar as redes e deixa tudo igual no Maracanã. Flamengo 1 x 1 São Paulo.

Aos sete minutos da segunda etapa, notícia ruim para o Flamengo. Diego Alves, que retornava de lesão, voltou a se machucar e precisou ser substituído por Hugo Souza, que já entrou fazendo boa defesa para salvar a meta rubro-negra.

No segundo tempo, com organização e compactação das linhas, o Flamengo continuava a ser mais efetivo e buscava ampliar o marcador para garantir a vantagem na busca pela classificação para a semifinal da Copa. Aos 22 minutos, Rogério Ceni fez a segunda alteração na equipe e tirou Gabigol para a entrada de Thiago Maia.

Nos minutos finais, o Flamengo diminuiu o ritmo, mas continuou buscando ampliar o marcador. O São Paulo, por sua ez, não conseguia responder à altura, mas recebeu um presente de Hugo Souza. O goleiro tentou sair com os pés, mas errou e entregou o gol para o adversário, aos 43 minutos. Após o gol, o Mais Querido voltou a pressionar o Tricolor, mas não conseguiu obter o empate. Fim de papo no Maracanã. Flamengo 1×2 São Paulo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui