Abel diz que quer ganhar tudo no Inter e ironiza polêmica com Flamengo por Beira-Rio: ‘É o mais bonito’

Abel Braga foi apresentado como treinador do Internacional para a vaga de Eduardo Coudet. Mas a passagem polêmica sobre o Flamengo foi tema logo na abertura da entrevista.

Durante o discurso antes das perguntas dos jornalistas, ele recebeu boas-vindas do presidente Marcelo Medeiros exaltando a beleza do Beira-Rio, tema que deixou o clima conturbado na última passagem do treinador pelo time carioca.

“Continua sendo o mais bonito, umas pessoas não entendem, mas outros têm que entender. É opcional”, cutucou Abel, respondendo, mais para frente, com detalhes a frase sobre o ‘Beira-Rio ser o estádio mais bonito do Brasil’.

“No jogo (de 2019), no primeiro tempo, o Inter mereceu vencer. Perdi. Perder pro Inter é normal. Eu dizer que o Beira-Rio é o mais lindo ofende? Eu não quero saber. O Beira-Rio é o mais bonito”.

Abel Braga ainda deixou claro que não gostou do que aconteceu no Rio de Janeiro, quando viu a direção procurar Jorge Jesus sem tê-lo mandado embora. Por conta disso, pediu demissão.

“Nunca falei que fui treinador de ponta. Conquistei 27 títulos. Quando saí do Flamengo, o que não gostei é que não houve verdade. Flamengo poderia comunicar que procurava outro treinador. Isso não foi feito. Achei deselegante”.

“Pedi demissão, saí em uma condição que a ganhamos a Florida Cup, fomos campeões do Carioca, fomos primeiro da Libertadores o que Flamengo não conseguia há 11 anos. Ganhamos o Corinthians, na ida da Copa do Brasil, por 1 a 0. Depois da minha saída chegou Rafinha, Marí, Filipe Luís e Gerson. Não tenho que falar que tomei porrada. Deixei o Flamengo. Como o Coudet deixou o Inter”.

Em relação aos desafios que tem pela frente, Abel foi sincero e deixou claro que não vai priorizar nenhuma competição. Segundo ele, a intenção é ganhar algo para a torcida colorada.

“Se eu puder ganhar tudo, eu tenho essa simpatia enorme com o torcedor, essa empatia, relação muito forte. A gente aqui, o que conseguir ganhar, o que vier vai ser muito bom. Está na hora. Esse clube é muito grande”.

“Não vamos priorizar nada, vamos tentar ganhar. O Inter não ganha há muitos anos Copa do Brasil, o Brasileiro. Ganhou a Libertadores duas vezes”, finalizou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui