Só Marcos Braz ainda segura Dome no Flamengo… nome de Ceni agrada

A goleada por 4 a 0 para o Atlético-MG deixou Domènec Torrent extremamente ameaçado no Flamengo. Torcedores, conselheiros e a maior parte da diretoria são favoráveis à demissão do espanhol, que só não caiu ainda por causa de Marcos Braz, vice-presidente de futebol rubro-negro.

Braz fez uma reunião com Dome pouco depois da derrota, ainda no vestiário do Mineirão, e decidiu bancá-lo. Mas a palavra do homem forte do futebol do Flamengo pode não ser suficiente para segurar o treinador, que já acumula outros três grandes fracassos: 5 a 0 para o Del Valle, 4 a 1 para o São Paulo e 3 a 0 para o Atlético-GO.

Leia mais: Após nova goleada, muro da Gávea é pichado em forma de protesto

Leia também: Árbitro declara gol contra de Gustavo Henrique em súmula após Atlético-MG e Flamengo

Vale lembrar que a ala liderada por BAP, vice-presidente de relações externas, não morre de amores por Dome desde o começo. BAP defendia a contratação de Miguel Angel Ramirez, do Independiente del Valle – eles chegaram a conversar por meio de uma videoconferência.

Existem dois pontos que jogam a favor da permanência de Dome, além da vontade de Dome: a multa rescisória no contrato do espanhol e a falta de opções no mercado.

Mas a torcida do Flamengo parece já ter encontrado a solução para substituí-lo. Nas redes sociais, foram algumas centenas de rubro-negros pedindo por Rogério Ceni, técnico do Fortaleza. Importante: dentro da diretoria do Fla, a recepção ao nome de Ceni é ótima.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui