Domènec Torrent não é mais técnico do Flamengo

Depois de duas goleadas sofridas nos dois últimos jogos, treinador espanhol não aguentou a pressão e não faz mais parte da comissão técnica do Rubro-Negro

Em avaliação constante desde o fim do jogo contra o Atlético-MG, a permanência do técnico Domènec Torrent foi descartada. Diante disso, em seu Twitter oficial, o Flamengo confirmou que a comissão técnica não comanda mais o time principal do clube.

O elenco do Flamengo se reapresentou no CT poucas horas depois de chegar ao Rio de Janeiro e ter sido cobrado durante a madrugada, no Aeroporto do Galeão, pela derrota por 4 a 0 para o Galo, pela 20ª rodada do Brasileirão. Dome até foi para campo e comandou a atividade para os jogadores que não começaram a partida do Mineirão, enquanto titulares fizeram regenerativo. 

Vale lembrar que quem estava no centro de treinamento também logo cedo era o vice-presidente de futebol, Marcos Braz. Assim como na viagem para Belo Horizonte, juntamente com Bruno Spindel, eram os únicos dirigentes no Ninho do Urubu e a realidade era de avaliação constante sobre o que fazer com a comissão técnica espanhola.

Os questionamentos ao trabalho do espanhol chegam de todos os lados e há cobrança de grupos políticos pela troca. Braz, por sua vez, tem consciência da relação entre a chegada de Dome e seu nome, e centraliza a tomada de decisão. A proximidade do jogo com o São Paulo, pelas quartas de final, pesou bastante em um momento em que a paciência de todos no clube com o trabalho do treinador estava no limite.

Em conversas nos bastidores, já se ouviu falar quem poderia ser um substituto ou os nomes mais bem avaliados e o de Rogério Ceni é praticamente uma unanimidade neste contexto. O atual comandante do Fortaleza agrada e seu nome é desejado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui