Flamengo é goleado pelo Atlético-MG e perde posição no Brasileirão

Flamengo e Atlético-MG entraram em campo na noite deste domingo (08), em partida que valia a liderança do Campeonato Brasileiro. O jogo foi disputado no Mineirão, às 18h15 (horário de Brasília), e o Mais Querido buscava a vitória para assumir o topo a tabela e abrir vantagem na classificação geral da competição.

Com a ausência de alguns atletas importantes, o Flamengo de Domènec Torrent entrou em campo com Hugo, Isla, Natan, Gustavo Henrique e Filipe Luís; Arão, Thiago Maia e Gerson; Everton Ribeiro, Bruno Henrique e Pedro.

No primeiro tempo, o Flamengo liderou a posse de bola, mas a estratégia adotada por Domènec, que propôs jogo com marcação alta e pressionando a saída de bola do Atlético-MG, não foi inteligente, e o Mais Querido encerrou a primeira etapa com desvantagem de 2×0 no placar. No segundo tempo, continuou mantendo a posse de bola, mas não conseguiu ser efetivo no ataque e viu o adversário se aproveitar do sistema defensivo falho para marcar mais duas vezes. Fim de papo no Mineirão. Flamengo 0 x 4 Atlético-MG.

O JOGO:

O Flamengo iniciou a partida melhor, com uma grande chance de gol logo aos dois minutos. Everton Ribeiro acertou uma chutaço rumo à meta do adversário, e a bola passou raspando na trave. No entanto, no lance seguinte viu o Atlético-MG abrir o placar após falha de Gustavo Henrique, que vive má fase no Mais Querido.

Não demorou muito para o Atlético-MG, que fazia pressão e jogava no contra-ataque, conseguir ampliar o marcador. A estratégia de Jorge Sampaoli funcionou, e o time mineiro aproveitou a exposição da frágil torcida do Mengo para balançar as redes. Aos sete minutos, Savarino comandou a jogada e encontrou Keno, que não deu chances de defesa a Hugo Souza. Flamengo 0 x 2 Atlético-MG.

Na tentativa de buscar o resultado, o Flamengo melhorou um pouco na partida, e aproveitava a posse de bola para levar perigo ao gol do time mineiro, conseguindo criar boas chances com Everton Ribeiro, Arão e Natan. Todavia, não obteve sucesso, encerrando a primeira etapa com desvantagem no marcador.

Sem alterações, o Flamengo teve uma chance incrível de diminuir a desvantagem no primeiro minuto da segunda etapa. Pedro finalizou e parou nas mãos de Everson, que deu o rebote. Bruno Henrique, sozinho, perdeu um gol incrível e acertou o travessão. Na resposta, o Atlético-MG tentou ampliar o marcador e teve boa chance com Keno, que isolou.

O Flamengo tinha a posse de bola, e via o Atlético-MG tirar o pé do acelerador, mas não esboçava nenhuma reação e, aos 13 minutos, em nova falha do sistema defensivo, viu o adversário balançar as redes. Arana comandou a jogada e Sasha, que não marcava gols há cinco jogos, fez o segundo dele. Flamengo 0 x 3 Atlético-MG.

Aos 20, substituição dupla de Domenec: Filipe Luís, que sentiu um incômodo na coxa, deu lugar à Rene, e Thiago Maia saiu para a entrada de Michael. No entanto, as alterações não surtiram efeito.

Com o jogo se encaminhado para o final, Domènec fez mais duas substituições, e terminou o jogo com quatro atacantes em campo. Eerfton Ribeiro e Pedro deixaram o campo para as entradas de Gabigol e Lincoln, que não conseguiram resolver.

Em meio a uma troca excessiva de zagueiros, falta minutagem para uma dupla específica. Sem entrosamento, as combinações do catalão são frustradas na tentativa de, em meio a um milagre, resolver o problema e encontrar a defesa ideal.

Aos 37 minutos, mais um gol deles. Savarino deu assistência para Zaracho, que ganhou da defesa e ampliou o placar. Flamengo 0 x 4 Atlético-MG. Sem mais surpresas, fim de papo no Mineirão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui