Flamengo esteve perto de rescindir com Pepê, mas soube que meia iria para o Botafogo e voltou atrás

Meia tem contrato com o Rubro-Negro até dezembro deste ano e e não terá vínculo renovado; Alvinegro mantém interesse no jovem e aguarda janeiro para contratá-lo

Pepê, do Flamengo, esteve próximo de se transferir para o Botafogo. Os empresários que cuidam da carreira do jogador acertaram a ida do jovem para o Alvinegro e tentaram, durante esta semana, a rescisão contratual do meia para que ele pudesse ser inscrito pelo time de General Severiano até esta sexta-feira, mas quando a cúpula rubro-negra soube que o futuro do atleta seria o rival, voltaram atrás e vão mantê-lo até o fim de 2020, quando chega ao fim o compromisso entre as partes.

Quem estava no comando da negociação no lado do Botafogo foi o gerente de futebol Tulio Lustosa. O dirigente alvinegro, em conversas com Bruno Spindel, diretor executivo do Flamengo, tentou convencê-lo de que o Rubro-Negro, ao não rescindir com Pepê, estaria apenas atrasando a vida do meia, que ficará livre a partir de 1º de janeiro de 2021. Além disso, ele propôs ceder parte dos direitos econômicos ao Rubro-Negro, para que tenha direito em uma futura venda. O jogador já deu o “ok” para o time de General Severiano, e a tendência é que assine com a equipe no começo de 2021.

A reportagem tentou contato com Bruno Spindel, mas o diretor do Flamengo não retornou as ligações. Tulio Lustosa, gerente do Botafogo, confirmou o interesse no atleta, mas evitou dar detalhes da negociação. 

Leia mais: Pedro é eleito melhor centroavante das oitavas da Copa do Brasil

Pepê é cria da base do Flamengo, fez parte do elenco campeão da Libertadores e Brasileiro em 2019, mas atualmente está sem espaço no time de Domènec. Em 2020, o meia de 22 anos entrou em campo apenas cinco vezes e não marcou nenhum gol. Em 2018, emprestado ao Portimonense, de Portugal, o jovem disputou 26 partidas e marcou oito gols.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui