Arrascaeta mostra evolução em recuperação, e Flamengo estuda cenários para retorno

Fora de ação desde que sofreu uma lesão muscular em atividade com a Seleção do Uruguai, Giorgian de Arrascaeta desfalca o Flamengo desde o início do mês de outubro. A notícia da contusão caiu como uma verdadeira ‘bomba’ entre torcedores rubro-negros, afinal, o meia vinha de um mês de setembro simplesmente espetacular: foi o líder técnico e moral da equipe durante o momento crítico do surto de covid-19 na Gávea, conduzindo o grupo a vitórias importantes na Libertadores.

Passados mais de 30 dias desde o início de seu processo recuperação, o camisa 14 começa a dar sinais de que, em breve, retornará aos planos da comissão técnica de Domenèc Torrent. Como destaca o UOL Esportes, o Flamengo evita divulgar projeções/prazos de retorno e adota cautela no cronograma de atividades de transição, temendo o surgimento de novos contratempos que atrasem ainda mais a volta do uruguaio.

Leia mais: Atlanta United deseja contratar Domènec Torrent, afirma site

De acordo com a fonte citada, estima-se que o camisa 14 precisará de sete a dez dias a mais de trabalho para retomar o ritmo e a forma física, projeção não-confirmada pelo clube. O que há de concreto por ora é que as chances de Arrascaeta figurar entre os relacionados do Flamengo para o jogo de ida contra o São Paulo, pelas quartas de final da Copa do Brasil, são ínfimas. Para o duelo da volta no Morumbi, dia 18 de novembro, as possibilidades se tornam bem mais consideráveis.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui