Dome valoriza classificação do Flamengo, mas critica erros defensivos: “Demos dois gols”

Treinador analisa vitória por 3 a 2 no Maracanã, pelas oitavas de final da Copa do Brasil

Apesar da vitória e da classificação do Flamengo na Copa do Brasil, o técnico Domènec Torrent achou motivos para dar um puxão de orelha nos jogadores em meio à comemoração. O catalão não gostou dos erros defensivos e disse que o time precisa melhorar para continuar vivo na briga por títulos nessa temporada.

– Defensivamente, temos que estar focados. Podemos perder o Brasileirão também por isso. Em dois erros, demos dois gols. São coisas que não dá para treinar, é estar concentrado os 90 minutos – disse à Fla TV.

– Jogamos bem os primeiros 30 minutos e relaxamos. Não podemos dar bolas nos zagueiros e nos volantes. Ninguém é uma máquina, os jogadores podem errar porque os treinadores também erra. Mas, dos últimos seis gols nós demos cinco – completou.

A defesa virou uma questão na temporada rubro-negra, já que as falhas geraram alguns tropeços. O time tem média maior que um gol sofrido por jogo e só não sofreu gols em cinco das 24 partidas sob comando de Dome. Por outro lado, o ataque dá boas notícias, com a boa fase de Pedro e a volta próxima de Gabigol.

– Com o elenco completo, teremos soluções. Podemos jogar com sistemas diferentes, com Gabigol como extremo, mas também por dentro. E eles não vão jogar todos os jogos. O problema não será quando o Gabi voltar. O problema é agora, que não temos o Gabi. Foi o nosso artilheiro no ano passado – afirmou o treinador.

Tarimbado pelas duas vitórias sobre o Furacão, o Flamengo aguarda pelo rival na próxima fase da Copa do Brasil. Seis das oito equipes já estão classificadas, e o sorteio acontece na sexta-feira. Enquanto isso, o time carioca se prepara para a 20ª rodada do Brasileirão, contra o Atlético-MG, fora de casa, no próximo domingo.

Mais respostas de Dome

Comparação com Jorge Jesus

O trabalho de Jorge foi excelente, ganhou título. O Dome não está aqui para competir com o Jorge. Temos que agradecer o que ele fez aqui. Estou competindo com os adversários, e não com a campanha do ano passado. O Dome está aqui porque o Jorge decidiu jogar em outro país. Não tenho nenhum problema quando falam disso. Ele ganhou tudo, tem que agradecer. Não vou competir com ele, não faz sentido.

Análise

Com a bola, estamos feliz, mas temos que melhorar esse outro fator. Isso passa pelo foco, pela concentração. Mas não tivemos sorte também, houve erros individuais. Contra o Inter, entregamos gols. Contra o São Paulo, também. Nos primeiros jogos, achei que tínhamos erros defensivos de verdade, de posicionamento, jogávamos muito separados. Agora, vejo erros individuais, de concentração.

Rodízio

Quando trocamos, tivemos uma sequência que não sofremos muitos gols também. Temos um elenco grande. Mudei hoje porque tenho uma ideia clara de quem vai jogar contra o Atlético-MG. Não podemos jogar com todos sempre. Na Europa, por exemplo, aconteceram 47% mais lesões. Não troco jogadores porque gosto. Hoje, troquei o Matheus porque ele pediu, estava cansado. O Flamengo tem um elenco maravilhoso e temos confiança em todos.

Gol de Michael

O atacante precisa de gols. O Michael já foi muito bem contra o Junior, mas nem sempre o treinador consegue dar espaços para todos. O Michael fez bons jogos, e isso é bom para confiança. Porque vamos precisar de todos.

Boletim médico

Arrascaeta ainda não está com o grupo, tem desconforto. Temos que ver no dia a dia. O Gabi já entrou alguns minutos com o grupo, mas ainda falta fisicamente. Eles têm alta clínica, mas a parte física é outra coisa. Foi o mesmo com o Pedro Rocha. Vamos verificar amanhã como estão, mas não para o jogo contra o Atlético-MG.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui