Dome desabafa por insistência em Jesus e vai além: “Ele decidiu trabalhar em outro país”

Vice-líder do Brasileirão, classificado na Copa do Brasil e na Libertadores, o treinador rechaçou as comparações feitas com o português e demonstrou incômodo com a situação

O Flamengo viveu uma de suas melhores fases da história em 2019, conquistando vários títulos e deixando inveja nos rivais, principalmente com o futebol vistoso e pelas vitórias convincentes, com muitos gols e demonstrando superioridade dentro e fora de casa, no Brasil ou no exterior.

Toda essa fama veio do bom rendimento dentro de campo de vários jogadores, que mostraram ao longo da temporada uma regularidade incrível, que deram ao time uma segurança enorme, enchendo os olhos dos torcedores do Mais Querido, que comemoraram muito durante o ano.

Nomes como De Arrascaeta, Bruno Henrique, Éverton Ribeiro, Gerson, entre outros, conseguiram elevar o nível do time. Porém, muito dessa força se deu pelo comandante, Jorge Jesus. O português chegou ao Rubro-Negro e rapidamente impôs seu estilo de jogo, sem  poupar jogadores e tendo bastante sucesso. 

— Foto: André Durão

Após sua saída rumo ao Benfica, o Flamengo foi em busca de um novo técnico. Desta forma, Domènec Torrent chegou e ainda vive com uma certa desconfiança, haja vista que a equipe não vem tendo exatamente o mesmo desempenho da temporada passada. Desta forma, o espanhol vem sendo constantemente comparado com o ex-treinador, e deixou claro que se incomoda com esse fato.

Leia mais: Voando alto! Pedro chega a 20 gols no ano e passa a ter a temporada mais artilheira da carreira

“Deixa eu falar uma coisa: o trabalho de Jorge (Jesus) foi excelente. Mas eu não estou aqui para competir com ele. Estou competindo com adversários. O Dome está aqui porque o Jorge decidiu trabalhar em outro país. Se vocês estão comparando, não tem sentido“, afirmou o comandante do Mais Querido.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui