Renato Gaúcho volta a provocar o Flamengo para justificar baixo rendimento do Grêmio: “Precisa cobrar pelo o que eles gastaram”

Mesmo tendo ganhado a partida da última rodada, o treinador do Grêmio foi cobrado em relação ao desempenho do time e novamente citou o Rubro-Negro em suas justificativas na entrevista

Quando o Grêmio não apresenta um bom futebol dentro de campo, ou mesmo quando é cobrado em relação a desempenho ou algo do tipo, o técnico Renato Gaúcho tem o costume de citar o Flamengo durante as entrevistas, principalmente para justificar seu trabalho.

Nessa linha, na última segunda-feira (2), o treinador falou novamente do Mais Querido em entrevista coletiva, após a vitória dos gaúchos sobre o Red Bull Bragantino por 2 a 1, provocando, dizendo que o futebol praticado por sua equipe não será sempre bonito, pelo menos não enquanto ele não tiver 200 milhões para investir no elenco.

“Futebol bonito no Brasil vocês têm que cobrar de duas equipes: Flamengo e Atlético-MG. Precisa cobrar pelo o que eles gastaram. Enquanto eu não tiver 200 milhões para gastar, não terá sempre futebol bonito”, afirmou o treinador, minimizando o baixo rendimento do Tricolor.

Essa não foi a primeira vez, já que, recentemente, Renato ficou marcado pela torcida do Flamengo por provocar o clube e os seus ‘milhões investidos’ no elenco. Tudo começou em 2019, quando Portaluppi afirmou que o Grêmio jogava o melhor futebol do Brasil e ainda provocou o recém-chegado Jorge Jesus, declarando que o treinador português já estava com 65 anos e ainda não havia treinado nenhum time grande na Europa.

Desde então, o comandante tem atrelado o sucesso do Rubro-Negro em campo ao dinheiro gasto pela diretoria em detrimento do trabalho do técnico e dos jogadores. Os cariocas entram em campo na próxima quarta-feira (4), ás 21h30, contra o Athletico Paranaense, no Maracanã, pelo jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui