Flamengo vacila, perde para o São Paulo no Maracanã e desperdiça chance de assumir a liderança

Flamengo e São Paulo entraram em campo na tarde deste domingo (01), pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro. O confronto foi disputado no Maracanã, às 16h (horário de Brasília), e o Mais Querido buscava uma vitória para garantir a liderança da competição. 

Com a ausência de alguns atletas importantes, o Flamengo de Domènec Torrent entrou em campo com Hugo, Isla, Gustavo Henrique, Natan e Filipe Luís; João Gomes, Gerson e Vitinho; Everton Ribeiro, Bruno Henrique e Pedro.

O jogo começou lá e cá, com ambas as equipes buscando o ataque. O São Paulo pressionava a saída de bola do Flamengo, que trabalhava a posse para conseguir vencer a marcação e encontrar os espaços. Com um gol marcado por Pedro e um pênalti perdido por Bruno Henrique, o Mais Querido, que saiu à frente no marcador, viu o São Paulo ser mais efetivo e virar o placar, encerrando a primeira etapa na frente. No segundo tempo, o São Paulo voltou melhor e, de pênalti, ampliou a vantagem. O Mengão teve a chance de diminuir com mais uma penalidade máxima, mas Pedro errou a cobrança. Apesar de um jogo pegado, lá e cá, o Flamengo não conseguiu aproveitar os momentos de dominância e viu o Tricolor ser mais eficiente. Fim de papo no Maracanã. Flamengo 1 x 4 São Paulo.

O JOGO:

O primeiro tempo começou bem pegado, com o São Paulo pressionando a saída de bola do Flamengo, que buscava vencer a marcação e encontrar os espaços. Aos oito, Vitinho ganhou no alto e Pedro levou a melhor. Com repertório imenso, o atacante dominou, ganhou a jogada e, de perna esquerda, chapou no cantinho do goleiro Volpi. ESPETACULAR! Mengo 1×0.

Aos 16, gol do São Paulo. Sara recebeu na esquerda e cruzou. A zaga rubro-negra cortou, mas a bola sobrou para Tchê Tchê, que ajeitou o corpo e bateu bem, deixando o Hugo Souza sem chances de defender. Tudo igual no Maracanã. Mengo 1 x 1 São Paulo.

Ligado no 220v, o jogo era lá e cá. Aos 25 minutos, pênalti claro para o Flamengo! Everton Ribeiro domina e invade a área, mas é bloqueado por Diego Costa, que segura o camisa 7 pela cintura e impede a continuidade do lance. Rei dos clássicos, Bruno Henrique assumiu a responsabilidade no jogão contra o time paulista, mas bateu mal e perdeu a oportunidade de ampliar o marcador. Segue tudo igual no Maraca.

Nos últimos quinze minutos, o Flamengo continuou pressionando o São Paulo e teve boa chance com Vitinho. O atacante dominou na entrada da área e mandou um chutaço rumo à meta de Volpi, mas a bola foi por cima do travessão. No entanto, apesar da marcação pressão, o Mais Querido deixava espaços para o time paulista, que conseguia ganhar a bola e tentar criar jogadas.

Buscando ampliar o marcador, Gerson fez excelente jogada individual, comandou um perigoso contra-ataque e deu para Pedro. Na hora de decidir, o camisa 21 errou o domínio, perdeu tempo da jogada e, na finalização, foi travado por Bruno Alves.

Em jogo pegado, o Flamengo teve seu momento de dominância, mas não soube aproveitar e viu o São Paulo ser mais efetivo no ataque. Aos 43, o Tricolor levou perigo ao Flamengo e quase ampliou o marcador. Daniel Alves encontrou Sara, o jovem dominou e finalizou sobre o gol de Hugo. Nos acréscimos, no entanto, gol deles. O adversário, que pressionava a saída de bola do Rubro-Negro, virou a partida. Reinaldo cruzou rasteiro, Gustavo Henrique errou o corte e Brenner aproveitou a oportunidade para ampliar o placar. Mengo 1 x 2 São Paulo.

Para a segunda etapa, ambas as equipes voltaram sem alterações,, mas o São Paulo voltou melhor. Com vantagem no placar, o Tricolor conseguiu trocar bons passes na volta do intervalo e, já no segundo minuto, Tchê Tchê teve mais uma boa chance de marcar, mas parou na defesa de Hugo Souza. Aos sete, de fora da área, Reinaldo mandou um foguete rumo à meta de Hugo, que fez mais uma grande defesa.

Nos minutos iniciais, o Flamengo não conseguiu voltar do intervalo e viu o São Paulo dominar o confronto. Aos 10 minutos, erro da arbitragem e pênalti claro do Gustavo Henrique. A jogada era tiro meta, mas o juiz assinalou escanteio. Na cobrança, o zagueiro do Rubro-Negro cometeu irregularidade e o VAR marcou penalidade máxima a favor do Tricolor. Reinaldo bateu bem e converteu. Flamengo 1 x 3 São Paulo.

No lance seguinte, jogada espetacular do Flamengo e mais um pênalti no Maracanã. Desta vez, a favor do Rubro-Negro. Pedro foi na bola e, assim como Bruno Henrique, perdeu a cobrança e a chance de diminuir a vantagem do São Paulo.

Aos 27, primeira substituição de Domènec na partida: o catalão tirou Vitinho para a entrada de Michael. Aos 31 minutos, boa jogada de Bruno Henrique, que ganhou pela esquerda e deu para João Gomes finalizar. O Garoto do Ninho chutou rumo à meta de Volpi e a bola explodiu no travessão.

Aos 36, mais um gol do São Paulo. Volpi lançou para Luciano, que venceu a marcação e ampliou. Logo depois, Domènec fez mais duas substituições no Flamengo. Tirou Natan, que salvava a zaga do Rubro-Negro, para a entrada de Léo Pereira, e Everton Ribeiro, para a entrada de Lincoln.

Em um jogo muito abaixo, o Mais Querido vacilou, foi goleado no Maracanã e desperdiçou a chance de assumir a liderança do Brasileirão. Fim de papo: Flamengo 1 x 4 São Paulo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui