E. Ribeiro usará 007 contra o SPFC em homenagem a Sean Connery

Torcedor do Rangers, ator, morto neste sábado, recusou oferta do United antes de estourar no papel do agente secreto James Bond

Torcedor fanático do Rangers, da Escócia, o ator Sean Connery, morto, na manhã deste sábado, aos 90 anos, será homenageado pelo Flamengo no confronto com o São Paulo, às 16h, no Maracanã, pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro. Camisa 7 do rubro-negro, Everton Ribeiro exibirá o número 007 nas costas, em alusão ao código usado pelo agente secreto mais célebre dos cinemas: James Bond.

“Neste sábado, o mundo deu adeus a Sean Connery, um dos maiores atores da história do cinema, que nos deixou aos 90 anos de idade. Entre outros personagens icônicos e inesquecíveis, Connery ficou eternizado no papel de James Bond, o agente secreto conhecido pelo código 007”, diz o comunicado divulgado pelo Flamengo em seu site oficial.

Fã de tênis, o ator tinha uma forte ligação com o futebol. Antes de explodir nas telonas, ele declinou o convite do mítico treinador do Machester United, da Inglaterra, Matt Busby, para jogar pelo Red Devils, em 1951. Iniciando a carreira no teatro, decidiu mostrar sua arte em outros palcos.

Interprete do primeiro James Bond da história do cinema, Sean Connery deu vida ao personagem em seis filmes: ‘O Satânico Dr. No’, ‘Moscou contra 007’, ‘007 contra Goldfinger’, ‘007 contra A Chantagem Atômica’, ‘Com 007 Só Se Vive Duas Vezes’, ‘007: Diamantes são Eternos’. Além do papel do histórico espião, o ator escocês trabalhou em consagradas franquias, como ‘Indiana Jones’, no qual interpretou o pai do protagonista, Harrison Ford. Connery faturou o Oscar de melhor ator coadjuvante pelo em ‘Os Intocáveis’, além de dois prêmios Bafta e três Globos de Ouro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui