Da renovação à estreia profissional: a semana de reviravoltas de Daniel Cabral no Flamengo

Volante treinava separado antes de assinar novo contrato e, em uma semana, estrear no profissional. Agora, seguirá integrado ao elenco principal, com possibilidade de descer para jogar no sub-20

O quanto sua vida pode mudar em uma semana? Daniel Cabral, volante do Flamengo, viveu isso na pele. Em poucos dias, ele saiu de treinar separado no sub-20, assinar renovação com multa milionária até estrear na equipe profissional, na vitória sobre o Athletico-PR, pela Copa do Brasil.

Uma das principais promessas da base do Flamengo, Daniel passou por uma situação atípica nos últimos meses. Seu contrato se encerrava em maio de 2021. Sem acordo com os antigos empresários, viu seu pai assumir a negociação para a renovação a partir de outubro.

O jogador e sua família receberam diversas propostas para deixar o Flamengo de graça, mas prevaleceu a vontade do menino de 18 anos em permanecer no clube, onde está desde os sete anos.

A decisão funcionou. Com a entrada de Marcos Braz e Bruno Spindel na negociação, as conversas destravaram, e a renovação do contrato foi sacramentada no dia 20 de outubro, com multa rescisória de 100 milhões de euros (cerca de R$ 669 milhões) e duração até 2025.

A cronologia da última semana de Daniel Cabral:

  • 20 de outubro: contrato renovado até 2025
  • 21 de outubro: volta a treinar com o sub-20
  • 22 de outubro: entra no segundo tempo contra o Goiás, pela Copa do Brasil sub-20
  • 25 de outubro: titular contra o Cruzeiro, pelo Brasileiro sub-20
  • 26 de outubro: viagem para Porto Alegre para se juntar ao profissional
  • 28 de outubro: estreia na equipe profissional contra o Athletico-PR

Até então, Daniel vinha treinando separado, sem bola, devido à indefinição sobre seu futuro – ele ainda chegou a ficar um tempo parada, após extrair dois sisos. No dia seguinte à renovação, voltou a treinar com o sub-20. Um dia depois, atuou 15 minutos na derrota para o Goiás pela Copa do Brasil da categoria. No domingo seguitne, foi titular contra o Cruzeiro no Campeonato Brasileiro.

E, então, veio o chamado. Daniel precisou viajar para se juntar ao elenco do profissional na última segunda-feira. Na quarta, entrou em campo no segundo tempo para encarar o Athletico-PR, em situação adversa: após meses sem jogar, com 115 minutos no sub-20, entrou no segundo tempo de uma partida em que o Flamengo começava a ser pressionado. Foi sua estreia como profissional.

– Muito feliz pela oportunidade. É aquele friozinho na barriga, melhor ainda estrear com vitória. Só agradecer ao Flamengo, ao pessoal do grupo que me abraçou muito bem. Graças a Deus pude fazer uma boa estreia – disse o jogador nas redes sociais do Flamengo após a partida.

Daniel Cabral Flamengo — Foto: Marcelo Cortes / Flamengo

Treinos com o profissional

Apesar de tudo, o desempenho foi aprovado pelo técnico Domènec Torrent. O catalão pretende integrar Daniel Cabral ao elenco profissional. A ideia é de que o volante treine com os companheiros e, quando não for relacionado, desça para jogar com o sub-20.

As coisas aconteceram mais rápido do que o imaginado. Mas a trajetória de Daniel é longa. Nascido e criado em Mesquita, na Baixada Fluminense, o volante chegou ao Flamengo aos sete anos e encarava uma jornada de mais de duas horas de casa – e muitos meios de transporte – até o Ninho do Urubu.

Dos 14 aos 17 anos, viveu no alojamento no CT. Ele escapou por pouco do incêndio que vitimou 10 jovens em 2019 – foi buscado pelo pai no início da noite anterior à tragédia.

Na base, Daniel construiu história vitoriosa e colecionou títulos. Em 2018, foi eleito o melhor jogador do Campeonato Internacional de Dubai, título internacional conquistado pelo clube.

No ano seguinte, fez parte da temporada vitoriosa do sub-20, com as conquistas do Campeonato Brasileiro, da Supercopa do Brasil e do Carioca. O volante também foi campeão mundial sub-17 com o Brasil, ao lado de Gabriel Noga e Lázaro.

Integrado ao elenco profissional, Daniel é uma das opções de Dome para a partida contra o São Paulo, no domingo, no Maracanã. O técnico não poderá contar com Willian Arão e Thiago Maia, suspensos. Além de Daniel, o catalão tem à disposição Gerson e João Gomes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui