Hugo ‘Neneca’ diz lembrar da tragédia no CT sempre que entra em campo

O Goleiro do Flamengo Hugo Souza, conhecido como “Neneca”, disse que lembra dos dez jovens da base que morreram no incêndio no Ninho do Urubu sempre que entra em campo. A declaração aconteceu durante o programa “Seleção”, do canal SporTV.

“Com certeza penso neles em todos os jogos, todas as vezes que entro em campo penso em tudo isso. Desde fevereiro de 2019 a gente já não joga mais por nós mesmos aqui no Flamengo, a gente joga por nós e por mais dez crianças que estão no céu e por dez famílias que precisam de apoio e consolo”, contou o jovem.

Leia mais: “Hugo Souza tem características do Dida”, diz Mauro Beting

Neneca disse que estava com a seleção sub-20 no dia da tragédia e que chorou muito quando soube do incidente.

“É um episódio muito marcante negativamente para mim. Eu estava no Sul-Americano com a seleção sub-20 quando aconteceu a tragédia. Eu só sabia chorar porque todo o tempo eu me via naquela situação, porque eu sabia como era morar no CT, como era a nossa rotina. O tempo inteiro eu ficava ‘poderia ser eu'”, disse ele.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui