Documentários sobre Libertadores do Flamengo concorrem a prêmios no Cinefoot

Em 2019, o Flamengo realizou o maior sonho da Nação Rubro-Negra e conquistou o tão esperado bi da América. A virada histórica sobre o River Plate, que eternizou o título da Copa Libertadores, virou filme e também minissérie, ambos produzidos pela Conmebol. Nesta semana, o Cinefoot anunciou que as duas amostras concorrem a prêmios no Festival de Cinema de Futebol.

‘A Glória Eterna’ e ’23/11, Glória Eterna ao Flamengo’, ambos com direção de Ricardo Taves e Adriano Esteves, foram selecionados para a mostra competitiva de longa-metragem e curta-metragem, respectivamente. Entre os dias 20 e 27 de novembro acontecerá uma exibição online e gratuita. Mais adiante, todavia, serão escolhidos os vencedores por meio do voto popular.

Leia mais: Cada vez mais decisivo no Flamengo, Hugo vibra com boa fase e pênalti defendido: “Um sonho”

O Cinefoot é o único festival de cinema voltado ao futebol brasileiro. Pioneiro na América Latina, a premiação está em sua 11ª edição neste ano de 2020. Devido à pandemia da Covid-19, confirmou que o evento será realizado online, com acesso totalmente gratuito para todo o Brasil.

Tanto o filme quanto a minissérie mostraram ao torcedor detalhes nunca antes vistos sobre o título conquistado no dia 23 de novembro de 2019, mesmo depois de vários conteúdos que retrataram a grande conquista. Uma trilha sonora, também exclusiva, foi produzida pelo rapper Sain, filho de Marcelo D2 e rubro-negro de coração, para levar ainda mais emoção à Maior Torcida do Mundo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui