Flamengo fecha parceria com universidade para desenvolver inteligência artificial voltada a esportes

FOTO: DIVULGAÇÃO/FLAMENGO

O Flamengo anunciou na tarde desta quarta-feira (21), uma parceria com a universidade PUC-Rio, para focar em desenvolver tecnologia no universo esportivo. A ideia é que juntos, ambos passem a elaborar projetos com foco nos esportes olímpicos do Mais Querido. A primeira modalidade contemplada será o basquete, uma vez que o projeto chamado de ‘BAICA’ (Basketball Artificial Intelligence Coach Assistant) já está sendo produzido. A ideia é criar um assistente técnico virtual que seja capaz de analisar dados em tempo real de cada partida.

CONFIRA A NOTA DO CLUBE:

“O maior clube poliesportivo do Brasil e uma das melhores universidades da América Latina, Flamengo e PUC-Rio firmaram parceria para o desenvolvimento de tecnologia do esporte. Referência no país e adeptos ao uso de programas e softwares que ajudam a potencializar o resultado esportivo, os Esportes Olímpicos do Mais Querido agora vão além, passando não só a utilizar, como a desenvolver projetos na área de tecnologia e inteligência, em colaboração com a PUC para garantir ainda mais a alta qualidade.

“A parceria com a PUC-Rio visa acelerar o desenvolvimento tecnológico dos Esportes Olímpicos do Flamengo, nos propiciando a construção de ferramentas hoje restritas aos times de ponta no mundo. Queremos ser cada vez mais uma referência em termos de inteligência no esporte, pois acreditamos que a influência da tecnologia será grande nos próximos ciclos olímpicos. Estamos muito felizes em ter ao nosso lado uma instituição de pesquisa de excelência como a PUC-Rio”, explica Delano Franco, Vice-Presidente de Esportes Olímpicos do Rubro-Negro.

SAIBA MAIS: LEIA MAIS INFORMAÇÕES SOBRE O FLAMENGO

O primeiro projeto conjunto será de inteligência artificial para o basquete. Em fase de desenvolvimento, o BAICA (Basketball Artificial Intelligence Coach Assistant) é um assistente técnico virtual capaz de analisar dados e prover informações em tempo real durante as partidas.

Vice-Reitor de Desenvolvimento da PUC-Rio, o Prof. Sergio Bruni também falou sobre a parceria entre universidade, através do Instituto TECGRAF, e o clube, que assinam um Programa de Cooperação Técnica que tem como objetivo desenvolver pesquisas científicas em Análise de Esportes baseadas em ciência de dados, inteligência artificial e visualização.

“Nesta primeira etapa contaremos com a colaboração da startup norte-americana Sports Power Al para o desenvolvimento de aplicativos baseados em ciência de dados e inteligência artificial, e iniciaremos as atividades pela modalidade basquete. A cooperação servirá como o embrião para a implementação do Polo de Inovação Tecnológica em Esportes do Vale da Gávea. Estamos muito empolgados com esta parceria e vislumbramos um amplo caminho de cooperação com o Flamengo”, explicou Bruni.”

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here