Cássio desabafa após derrota do Corinthians e ‘ameaça’ deixar o clube: “É melhor eu procurar outro lugar”

Arqueiro diz ser "escudo" do time após goleada sofrida para o Flamengo em Itaquera

O Corinthians não teve um bom início de temporada, principalmente pela expectativa que havia no time que seria comandado por Tiago Nunes. Com nomes como Luan, Ramiro e Víctor Cantillo, o Coringão chegou até a final do Campeonato Paulista e acabou sendo derrotado pelo rival Palmeiras. Desde então, as coisas não encontraram um caminho positivo.

Com seu cargo em xeque, Tiago Nunes até que tentou algumas variações táticas, inclusive colocando Luan, a principal contratação da temporada e que não apresentava um bom futebol, no banco de reservas. No entanto, não adiantou. Sem um bom desempenho e longe do ideal, o comandante foi demitido do comando técnico do Timão.

Para ocupar a vaga, a diretoria alvinegra trouxe Vagner Mancini, que estava no Atlético-GO. Em sua primeira partida no comando, diante do Athletico-PR, fora de casa, uma vitória suada por 1 a 0. No entanto, no segundo compromisso do novo comandante, desta vez contra o Flamengo, na Neo Química Arena, uma derrota de 5 a 1 deixou Cássio “desolado”.

“Para mim essa foi uma das piores derrotas que sofri pelo Corinthians, eu sou ser humano. Mas vou deixar de dar a cara a tapa por isso”, disse o arqueiro corinthiano. Em alguns protestos feito pela Fiel, parte da torcida criticou Cássio e afirmou que o goleiro campeão do mundo com o Coringão não é maior que o clube, o que capitão negou que queira ser.

“Jamais eu me acho maior que o Corinthians. Nesse momento eu estou sendo escudo, tudo está sobrando para mim, é muita coisa. Tudo é para cima do Cássio”, desabafou o guarda-redes, que “ameaçou” deixar o Parque São Jorge. “Se eu tiver atrapalhando o Corinthians, é melhor eu procurar outro lugar”, concluiu.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui