Flamengo empata no Maracanã e desperdiça chance de assumir a liderança

FOTO: ALEXANDRE VIDAL/FLAMENGO

Flamengo e Red Bull Bragantino entraram em campo nesta quinta-feira (15), em partida válida pela décima sexta rodada do Campeonato Brasileiro. O confronto foi disputado no Maracanã, às 18h (horário de Brasília), e o Mais Querido buscava uma vitória para garantir mais três pontos na tabela de classificação.

Com a maratona de jogos devido à loucura do calendário, Domènec Torrent poupou alguns atletas, e o Flamengo entrou em campo com Hugo (Neneca), Isla, Thuler, Léo Pereira e Renê; Thiago Maia, Arão e Diego; Everton Ribeiro, Lincoln e Pedro.

O JOGO

A partida começou meio devagar, com o Bragantino adiantando a marcação para pressionar a saída de bola do Flamengo e tentar impedir os ataques do Mais Querido. O Rubro-Negro, por sua vez, apostava na posse de bola e buscava controlar o duelo. Na etapa inicial, as duas equipes tiveram chances de abrir o marcador, mas não apresentaram muita consistência, e o primeiro tempo terminou sem gols. Na egunda etapa, o Red Bull abriu o placar aos 16 segundos e deixou o Flamengo em problemas. O Rubro-Negro empatou aos 24 e minutos e, em jogo morno, sem mais surpresas, fim de papo no Maracanã. Flamengo 1 x 1 Bragantino.

Aos 18 minutos, o Flamengo teve a primeira boa chance de sair em vantagem no placar. Diego colocou Renê para correr, o lateral cruzou para Lincoln, que deixou para Everton Ribeiro bater. O camisa 7, no entanto, não pegou bem na bola e desperdiçou a oportunidade. Em resposta, no lance seguinte, Isla fez um verdadeiro milagre e salvou o Mais Querido. Claudinho fez boa jogada pela direita, e só precisaria empurrar para o fundo do gol de Neneca, mas o lateral-direito do Mengão estava em alerta. Todavia, apesar da tentativa de Isla, o adversário estava em posição de impedimento.

Aos 22, Hugo fez a primeira boa defesa na partida: Claudinho cobrou falta na área, e o defensor do Mais Querido saltou para manda para a linha de fundo. Na jogada seguinte, Everton Ribeiro, também em cobrança de falta, jogou na área para Pedro, que tentou chutar, mas pegou mal na bola.

Sem grandes surpresas no primeiro tempo, as duas equipes se estudaram e equilibraram o jogo. O Bragantino mantinha a marcação alta, e o Flamengo não encontrava muitos espaços para ser objetivo o suficiente. Fim de papo na etapa inicial. Mengo 0 x 0 Red Bull Bragantino.

O Flamengo já voltou do segundo tempo com uma alteração: Domènec Torrent tirou Pedro para a entrada de Vitinho e, aos 16 segundos, gol do Bragantino. Ytalo troca passes com Claudinho, que domina na área, finaliza e abre o marcador. Mengo 0 x 1 Red Bull.

Aos quatro minutos, o Bragantino a chance de ampliar a vantagem. Em contra-ataque, Ytalo recebeu na direita e rolou para o meio, mas Morato não alcançou a bola. Pouco depois, na jogada seguinte, o Flamengo, que vinha e uma maratona de jogos, buscava empatar o marcador e, aos 10 minutos, teve uma boa chance com Vitinho. Everton Ribeiro fez boa jogada e rolou para o camisa 11, que tentou finalizar rasteiro, mas viu o goleiro defender.

Na segunda etapa, o Flamengo aumentou a intensidade e tentou reverter o placar adverso, conseguindo criar boas oportunidades contra o Bragantino. Na tentativa de reverter o resultado, aos 21 minutos, Dome fez mais uma alteração: tirou Willian Arão para a entrada de Bruno Henrique.

Na marcação pressão ao adversário, o Flamengo conseguiu empatar o placar aos 24, com gol de cria! Renê inverteu a jogada e deu bom passe para Isla. O lateral-direito cruzou na cabeça de Lincoln, que só teve o trabalho de estufar as redes d

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here