Flamengo decide no fim, bate o Goiás de virada no Maracanã e empata na liderança do Brasileirão

Flamengo e Goiás entraram em campo nesta terça-feira (13), em partida válida pela décima primeira rodada do Campeonato Brasileiro, que havia sido adiada. O confronto foi disputado no Maracanã, às 18h (horário de Brasília), e o Mais Querido buscava uma vitória para garantir mais três pontos na tabela de classificação.

Com a ausência de alguns titulares devido às convocações para as seleções, o Flamengo de Domènec Torrent entrou em campo com Hugo (Neneca), Matheuzinho, Gustavo Henrique, Natan e Filipe Luís; Thiago Maia, Arão e Gerson; Michael, Bruno Henrique e Pedro.

O primeiro tempo começou com o Flamengo ligado no 220v, dominando todas as ações e ditando o ritmo do jogo, mas foi o Goiás que abriu o marcador no Maracanã. Com Pedro, o Mais Querido conseguiu balançar as redes do adversário e deixar tudo igual no placar. Ainda na primeira etapa, as duas equipes marcaram gols, mas ambos foram anulados. O do Goiás, por impedimento, e o do Rubro-Negro, por toque de mão. No segundo tempo, o Flamengo manteve toda a intensidade e foi muito superior, mas perdeu um caminhão de chances de liquidar a partida. Na raça, na força do Manto Sagrado, Pedro marcou no último segundo e garantiu a vitória, de virada. Fim de papo no Maracanã. Flamengo 2 x 1 Goiás.

O JOGO

Logo nos primeiros minutos, o Goiás teve a chance de abrir o marcador e sair em vantagem no placar com Rafael Moura. O Flamengo quis falta, o Esmeraldino acreditou na jogada e o chute de He-Man passou perto da meta de Neneca. O Rubro-Negro, no entanto, não demorou a responder e, na jogada seguinte, teve uma grande oportunidade com Pedro, que saiu na cara do gol, mas chutou na mão do goleiro Tadeu.

O Flamengo dominava as ações do jogo, ditava o ritmo da partida e amassava o Goiás, mas viu o adversário abrir o marcador e precisou correr atrás do resultado. Aos 12 minutos, Matheuzinho não acompanhou a jogada, Vinicius Lopes saiu na cara de gol e em bobeada da zaga, estufou a rede de Hugo Souza. Mengo 0 x 1 Goiás.

Com a velha intensidade conhecida pela Maior Torcida do Mundo, o Flamengo colocava o adversário na roda, administrava a posse de bola e criava as jogadas para buscar o empate, conseguindo quatro boas chances seguidas: Pedro, de bicicleta, Gerson, que chutou de longe nas mãos de Tadeu, Natan, que cabeceou forte e Michael, que bateu por cima da meta adversária. Depois de grandes oportunidades, aos 38 minutos, gol de Pedro! O atacante de luxo recebeu de Bruno Henrique e deixou tudo igual no Maracanã. Mengo 1 x 1 Goiás.

Apesar de o Flamengo ser muito superior ao Esmeraldino, aos 43, eles voltaram a balançar as redes do Mais Querido, que montou uma alta linha de defesa e conseguiu anular o tento adversário por impedimento. No finalzinho, aos 47, Bruno Henrique estufou as redes de Tadeu, que buscou lá dentro. No entanto, o gol do Mais Querido foi anulado por mão do camisa 27. Fim da primeira etapa: Mengo 1 x1 Goiás.

As duas equipes voltaram sem alterações para  primeiro tempo, e o Flamengo continuava ligado no 220v, fazendo o goleiro Tadeu trabalhar logo no primeiro minuto, com Michael, que teve uma grande chance, mas pegou mal e mandou para fora. Ainda no ataque, o Mais Querido não parava de pressionar, e Bruno Henrique acertou uma cabeçada incrível, mas a bola explodiu no travessão. Pouco depois, Michael recebeu um lindo cruzamento de Filipe Luís, mas finalizou muito mal.

Vendo o Flamengo dominar o jogo, Domènec gritava na beira do campo e pedia por ‘pressão’ no adversário, que apenas assistia o Mengão jogar. Aos 16, Willian Arão lançou uma excelente bola para Gerson, que carregou pela direita e tentou servir a Pedro, mas errou. No lance seguinte, Pedro recebeu de Bruno Henrique e mandou por cima da meta de Tadeu.

Em resposta, o Goiás teve uma ótima oportunidade de ampliar o marcador. Edilson cobrou falta forte no cantinho do gol, mas Neneca estava ligado na partida e foi buscar. On fire, o Flamengo não parava de pressionar e criar incríveis chances de gol, mas parava nas mãos de Tadeu, que fez uma grande partida pelo Goiás. Após cobrança de escanteio, Pedro cabeceou com liberdade, mas o defensor salvou o Esmeraldino.

Com amplo domínio e superioridade, o Flamengo criava um caminhão chances, mas não conseguia ser efetivo nas finalizações e perdia diversas oportunidades de ampliar o marcador e garantir o resultado positivo. Nos setores defensivos, ambos os goleiros brilharam. Neneca e Tadeu fizeram verdadeiros milagres nas metas das equipes e foram grandes destaques do duelo.

Aos 30, primeira substituição no Mengão: Domènec tirou Gerson para a entrada de Lincoln (alteração curiosa, considerando a má atuação de Michael, que seguiu em campo). O Flamengo manteve o completo domínio do jogo e, na raça, na força do Manto Sagrado, Pedro marcou no último segundo e garantiu a vitória, de virada. Fim de papo no Maracanã. Flamengo 2 x 1 Goiás

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here