Xodó da torcida cogita sair do Flamengo em busca de sequência como titular; Dome deixa decisão nas mãos de Marcos Braz

Os dirigentes rubro-negros analisam internamente e devem conversar com o jogador para saber a sua real intenção na carreira nesta temporada

FOTO: ALEXANDRE VIDAL/FLAMENGO

BOLAVIP: Desde o começo de mandato de Rodolfo Landim, o Flamengo investiu pesado no futebol e trouxe jogadores de nível mundial. Surpreendentemente, o Mengão colheu frutos já no ano passado e colecionou títulos. No começo desta temporada, também não foi diferente e o Mengão ganhou tudo que disputou até aqui; a saída de Jesus foi surpreendente, mas o Rubro-Negro agiu rapidamente e trouxe Domènec Torrent como substituto. 

Apesar de alguma oscilação, algo normal por ser um início de trabalho com uma nova filosofia, os jogadores do Fla estão entendendo mais rapidamente o conceito de jogo do treinador catalão e o time está evoluindo bastante nos últimos jogos, mesmo com muitos desfalques importantes. Assim, a torcida ficou empolgada e visa mais títulos no futuro e o retorno do Mengo no Mundial Interclubes. 

Foto: Divulgação/Flamengo

Fora de campo, a diretoria flamenguista segue trabalho intensamente para acelerar o planejamento do futebol. A renovação de Diego Alves está em pauta e tem tudo para ser selada ainda nesta semana. Seguindo nesta mesma linha, César perdeu espaço no elenco com a ascensão de Hugo Souza, virou terceiro goleiro e pode deixar o Mais Querido do Brasil em busca de mais oportunidades. 

O arqueiro tem uma história muito bonita no Rubro-Negro e uma saída, em caso de propostas, não dever ser dificultada pelos dirigentes do Fla. Vale lembrar que o jogador negociou com Atlético-MG no começo do ano, mas as tratativas não avançaram e o atleta acabou permanecendo no Ninho do Urubu. No entanto, os seus representantes estão abertos em caso de propostas oficiais. 

Bem servido de goleiro, o Flamengo não pretende, pelo menos neste momento, buscar um novo reforço da posição se realmente César acertar com outro time. Dome gosta do jogador, mas entende seu pensamento visando a carreira e deixa a decisão nas mãos de Marcos Braz e companhia.