Flamengo pede desconvocação de Mauricio Isla; lateral treinou no Ninho nesta terça

Por conta de regras sanitárias do Uruguai, lateral não pode entrar no país para defender a seleção chilena

As eliminatórias da Copa do Mundo começam nesta quinta-feira, e o Flamengo perdeu alguns atletas, convocados por suas seleções. No entanto, Mauricio Isla, na lista chilena, pode não defender o país por conta de regras sanitárias do Uruguai. De acordo com o ‘Ge.com’, o Rubro-Negro pediu a desconvocação do lateral.

O jogador esteve contaminado com a covid-19 nas últimas semanas, mas retornou ao time titular na última partida. De acordo com recomendações da Conmebol, após 10 dias de testar positivo no PCR, o atleta pode voltar às atividades. No entanto, no Uruguai, onde o Chile enfrenta a seleção locar, o PCR precisa acusar negativo. O de Isla segue positivo.

Isla participou do treinamento no Flamengo nesta terça-feira e existe a possibilidade de defender a equipe, nesta quarta-feira, contra o Sport, no Maracanã. O Chile encara o Uruguai, nesta quinta-feira.