Após ser xingado, Vitinho ‘sai do lugar comum’ e exige respeito: “Sou meu maior crítico”; declaração movimenta torcida do Fla

Após o Fla divulgar nota oficial em repúdio a jornalista, atacante também usou as redes sociais para se manifestar. Na postagem, Vitinho reconheceu que não está no seu meu melhor momento, mas cobrou respeito

Pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Flamengo mais uma vez mostrou que está retornando à boa fase ao vencer o Athletico-PR por 3 a 1, neste domingo (04), no Maracanã. Os gols do Mengão foram marcados por Pedro, Bruno Henrique, cobrando pênalti, e Éverton Ribeiro, este já no fim da segunda etapa. O resultado positivo deixa o time ainda mais colado nos líderes da competição.

Atualmente, o Rubro-Negro ocupa a quarta colocação, com 21 pontos somados. Nesse momento, o líder é o Atlético-MG, que totaliza 27. Apesar do bom resultado no duelo desse final de semana, um dos assuntos que vem tomando as redes sociais é envolvendo o atacante Vitinho. Na transmissão do jogo na Rádio Tupi, o jornalista Gilson Ricardo polemizou com uma forte crítica ao atleta, soltando até palavrão.

“Tá vendo Vitinho, você que está agora no banco, viu como que é? Seu m****, é isso”, disse o jornalista. A situação aconteceu após um chute de Éverton Ribeiro em que o goleiro Santos acabou defendendo a bola, aos dois minutos do segundo tempo. Logo após o forte comentário, a torcida resolveu se manifestar nas redes sociais e repudiou a atitude do jornalista e a situação chegou ao Fla, que divulgou uma nota ainda neste domingo.

“O Clube de Regatas do Flamengo repudia veementemente as palavras utilizadas pelo radialista Gilson Ricardo, ao se referir ao atleta Vitinho. A postura não condiz com a de um profissional experiente, com tantos anos de mercado. Como comunicador, deveria saber diferenciar crítica construtiva de xingamentos covardes. O Clube aguarda uma retratação de Gilson Ricardo e da Rádio Tupi”,diz a nota.

Sabendo da grande repercussão, Vitinho também se manifestou pedindo respeito, mas admitindo que não está no seu melhor momento dentro das quatro linhas.

“As críticas fazem parte da vida do profissional e aprendi a conviver com elas. Principalmente no futebol, onde a paixão, muitas vezes, prevalece sobre o equilíbrio e sobre o bom senso. Sou meu maior critico, busco incessantemente evoluir. Reconheço que não estou no meu melhor momento. O remédio é o mesmo de outras vezes: o trabalho. Muita entrega para satisfazer o clube que defendo, os torcedores que represento, meus familiares e amigos e, em primeiro lugar, a mim. Num mundo em que incitação à violência, ao ódio e à falta de empatia estão no discurso do dia a dia e nas mídias digitais, nós, pessoas públicas, precisamos dar exemplo. As coisas vão melhorar. Vou seguir trabalhando forte, de cabeça em pé, com a minha fé em Deus, como sempre fiz e, principalmente, sem pisar ou desmerecer ninguém! Que o respeito prevaleça”, escreveu o atacante.