Sem Gabigol, Pedro pode ampliar maior sequência como titular no Flamengo e números de respeito

Centroavante marcou três gols nos últimos três jogos - justamente o maior número de partidas em que iniciou entre os 11 pelo Fla. O próximo jogo é domingo, contra o Athletico

LANCE: Depois de uma classificação antecipada às oitavas de final da Libertadores, o Flamengo pôde respirar aliviado e constatar um saldo mais do que positivo quanto à garotada do sub-20 chamada às pressas, por exemplo, em meio a um surto de Covid-19 no elenco (19 infectados, ao todo). E, entre os meninos da base, Pedro se destacou como referência e chegou à sua maior sequência como titular no clube: três jogos consecutivos. E os números são de respeito.

Ao todo, Pedro soma 26 jogos pelo Rubro-Negro, com 11 gols marcados e duas assistências. Das bolas na rede, três surgiram somente nos últimos três jogos do clube, justamente o seu recorde quanto a participações seguidas iniciando entre os titulares. Agora, sobretudo sem Gabigol (lesionado) como opção, tende a ampliar tal sequência.Dos 26 jogos pelo Fla, Pedro foi titular em 11 

Dos 26 jogos pelo Fla, Pedro foi titular em 11

Por falar em Gabigol, na última partida, goleada sobre o Independiente Del Valle (4 a 0), iniciou ao lado do camisa 9, que o serviu para o seu tento. E ambos têm ótimas recordações quando isso ocorre: em todos os quatro jogos que a dupla começou lado a lado, o Flamengo venceu – antes do jogo da última quarta, o Del Valle já havia sido vítima pela volta da Recopa, além de Boavista, pela final da Taça Guanabara, e Fluminense, pela ida da final do Carioca.

OS NÚMEROS DE RESPEITO

Ou seja, iniciando com Gabriel Barbosa ou não, Pedro tem correspondido às expectativas e sido letal no ataque rubro-negro. Cercado de garotada, o camisa 21 precisou de apenas 80 minutos para marcar um gol nos três últimos jogos (contra Barcelona-EQU, Palmeiras e Del Valle).

Além disso, deu cinco chutes a gol, acertando todos no alvo – três, como já informado, entraram. E ainda: de acordo com o site especializado Sofascore, ele precisou de apenas 1.6 chutes para ir às redes,  acumulando 75% de aproveitamento quanto à conversão de grandes chances criadas (3/4). Significativo. 

A próxima oportunidade de Pedro seguir a toada e ecoar a ótima fase será neste domingo, contra o Athletico-PR, desta vez pelo Campeonato Brasileiro, no Maracanã. E o centroavante deve ver uma equipe “reforçada” por dez jogadores que tendem a retornar após recuperação da Covid-19.