Fla encontra dificuldade para renovar com meia e Spindel aguarda resposta dos familiares

A diretoria flamenguista entende que já fez o que se esperava para concluir a renovação do jogador e agora a bola está com os familiares do meia

Flamengo mudou radicalmente seu cenário na temporada. As críticas e toda a pressão em cima do trabalho de Domènec Torrent diminuíram consideravelmente após as boas atuações nas últimas partidas. Em alta e prestigiado novamente pela torcida, o time Rubro-Negro tem mais um compromisso importante, agora pelo Campeonato Brasileiro, quando enfrenta o Athletico-PR, amanhã (04), no Maracanã. 

Com as coisas se ajeitando aos poucos, a diretoria do Fla entende que é o momento de a equipe mostrar todo seu potencial para colar no Atlético-MG na classificação do torneio nacional e buscar a melhor classificação geral na Copa Libertadores da América. Muitos consideram que o pior já passou, agora é crescer ainda mais e voltar a ser muito temido pelos adversários.  

Internamente, uma das únicas coisas que vem preocupando os dirigentes é a situação de Daniel Cabral, que já era para estar no profissional se não fosse todos os problemas contratuais para sua renovação contratual. O jovem só tem vínculo até maio do ano que vem e muito em breve já poderá assinar um pré-contrato com qualquer outro time, deixando o Rubro-Negro de graça. 

Foto: Marcelo Cortes/Flamengo

A conversa estava avançando nas últimas semanas e deixou os cartolas flamenguistas otimistas para anunciar a permanência do meio-campista. No entanto, as tratativas voltaram a ficar estagnadas e o futuro da joia é incerto. O portal “O Dia” informou que, como o jogador não tem mais um representante oficial, o cenário é de indefinição

Ainda segundo a reportagem, o Mengão já esticou a corda até onde podia e agora espera a decisão dos familiares do meia. O site também noticiou que vários empresários procuraram pessoas próximas ao Daniel e prometeram buscar diversas propostas milionárias do exterior; isso é tido como um fator que pode mexer ainda mais com a cabeça do garoto. Vale lembrar que a janela internacional fecha na próxima segunda-feira (05). O Mengo, através do dirigente Bruno Spindel, ainda tem esperança de chegar a um acordo e deseja renovar com a promessa até dezembro de 2024, mas não irá aceitar mais nenhum tipo de exigência no negócio.