Com show da base, Flamengo atropela o Del Valle e garante classificação antecipada na Libertadores

FOTO: CONMEBOL

COLUNADOFLA: Flamengo e Independiente Del Valle entraram em campo nesta quarta-feira (30), em partida válida pela quinta rodada da fase de grupos da Copa Libertadores. O confronto foi disputado no Maracanã, às 21h30 (horário de Brasília), e o Mais Querido buscava uma revanche após a goleada por 5×0, além de uma vitória na tentativa de garantir a classificação antecipada para as oitavas de final. 

Com uma série e desfalques e seis Garotos do Ninho como titulares, o Mais Querido precisava se superar para fazer frente ao time titular do Independiente Del Valle, que foi com força total para o duelo. Sendo assim, o Flamengo entrou em campo com Hugo (Neneca), Matheuzinho, Gabriel Noga, Natan e Ramon; Gerson, Thiago Maia e Arrascaeta; Lincoln, Gabigol e Pedro.

O primeiro tempo bem disputado, com as duas equipes buscando jogo e a saída em vantagem no placar. No entanto, apesar de a partida ter sido ‘lá e cá’, o Flamengo criou mais chances de gol e saiu em vantagem no marcador. Na primeira etapa, Lincoln e Pedro balançaram as redes dos adversários, e garantiram a vantagem rubro-negra. No segundo tempo, o Mengão continuou a dominar o confronto, colocou o Del Valle na roda e mostrou a força de jogar em casa. Bruno Henrique brilhou, marcou duas vezes e fechou o caixão. Fim de papo no Maracanã: Mengo 4×0 Independiente.

O JOGO:

O jogo começou bem pegado, com as duas equipes buscando o gol, e os crias da Gávea mostraram que “craque o Flamengo faz em casa”. Com uma defesa exclusivamente montada pelos Garotos do Ninho, o Mais Querido deu aula e colocou o Del Valle na roda, mostrando que no Maraca é diferente!

Aos oito minutos, o Mengo teve uma excelente chance de abrir o marcador. Lincoln deu início à jogada, tocou para Ramon, que dominou bem e passou para Arrascaeta, que não concluiu legal e mandou para fora. Logo depois, aos 12 minutos, o Independiente devolveu a chance, e Caicedo mandou uma bomba rumo à meta de Neneca, que fez uma DEFESAÇA!

Na jogada seguinte, Arrascaeta, capitão da partida, fez uma linda jogada pela ponta e cruzou na cabeça de Lincoln, no melhor estilo ‘faz e me abraça’, mas o Garoto do Ninho desperdiçou a chance e, por pouco não abriu o marcador. On fire, aos 17, o Fla teve mais uma grande oportunidade. Gerson bateu bonito, mas a bola desviou no jogador adversário e raspou no travessão.

Com uma partida ligada nos 220v, o Del Valle devolveu os ataques do Flamengo e criou boa chance. No entanto, mais uma vez, a estrela de Neneca brilhou e o goleirão salvou a meta do Rubro-Negro. A resposta do Mengão veio logo depois, aos 26. A base vem como? Matheuzinho comandou a jogada e cruzou na medida para Lincoln, que balançou as redes e abriu o marcador. Mengo 1×0.

Aos 31 minutos, Pedro, o atacante que ‘cheira a gol’, deixou o dele e mostrou que tem vaga cativa na equipe titular. Arrascaeta deu bom passe para Gabigol, que arrancou, chamou a marcação e tocou para Pedro, que só precisou estufar as redes do adversário. Mengo 2×0.

Nos minutos finais, Hugo Souza brilhou mais uma vez. Caicedo iniciou a jogada e encontrou Guerrero, que finalizou em cima de Neneca, mas parou no paredão do goleirão. Aos 44 minutos, Gabigol precisou ser substituído após lesão. O camisa 9 saiu para a entrada de Bruno Henrique. Fim do primeiro tempo: Mengo 2×0.

No início do segundo tempo, o Flamengo terminou de mandar embora a zika que assolava a equipe e, logo aos seis minutos, voltou a balançar as redes do Del Valle. Bruno Henrique viu Ramon na esquerda, o lateral encontrou Arrascaeta, que bateu para o gol e parou na defesa do goleiro. No rebote, o ‘Rei da América’ não desperdiçou a oportunidade e estufou a meta de Pinos. Mengo 3×0.

Aos 16, Arrascaeta dominou, deixou o Preciado perdido e bateu pro gol. Pino não viu a bola, frangou e, por muito pouco, o Flamengo não ampliou ainda mais o marcador. Que gol perde o Mais Querido!

Aos 22, o Independiente Del Valle assustou pela primeira vez na segunda etapa, mas o chute de Daniel Torres parou na DEFESAÇA de Neneca. Na jogada seguinte, Hugo Souza fez mais uma grande defesa e salvou o primeiro gol do Independiente Del Valle. Logo depois, Jordi Guerrero fez substituição dupla no Mengo: tirou Lincoln para a entrada de Guilherme Bala, e Matheuzinho para a entrada de Isla.

Aos 26, a estrela do Rei da América voltou a brilhar. Bruno Henrique recebeu um lindo passe de Arrascaeta, driblou o goleiro Pina e marcou mais uma vez. Mengo 4×0. No lance seguinte, o Rubro-Negro perdeu a chance e evolver o 5×0 e ampliar o marcador: Guilherme Bala, que tinha acabado de entrar, fez linda jogada pela direita e cruzou para Pedro, que não alcançou.

Na tentativa de garantir a revanche e marcar os cinco gols, Jordi fez mais duas alterações: Diego Ribas entrou no lugar de Thiago Maia, e Michael no lugar de Pedro.

Nos minutos finais, o Independiente Del Valle, em cobrança de escanteio, conseguiu vencer a defesa rubro-negra e balançou as redes de Neneca, mas a arbitragem sinalizou impedimento e o gol foi anulado. Sem mais surpresas, fim de papo no Maracanã! Mengo 4×0.