Hugo Souza deixou o Vasco ao perder ajuda de custo de R$ 600

Uma história digna de uma família brasileira trabalhadora, com pais desempregados, e de família de origem pobre, Hugo aos 9 anos quase abandonou a carreira. quando jogava pelo o Vasco, o clube queria que ele mudasse do futsal para o campo, porém, sem a ajuda de custo de R$ 600 que o salão proporcionava ao garoto.

Seria impossível de manter o jogador no rival para aquela família de Dr. Laureano, em Duque de Caxias. Sem o auxílio para transporte, Hugo Souza deixou o Vasco.

Se não fosse a persistência de seu pai e o apoio ao levar o garoto sempre ao treino, talvez Hugo não virasse nem jogador profissional, Neneca, apelido ganho na Gávea, chamou a atenção pela entrevista após a partida. Emocionado, ele lembrou que fizera a primeira partida sem o pai, Jorge, que morreu em 10 de março.

Quer ficar sempre informado sobre as últimas notícias do Flamengo? Clique aqui e baixe! É grátis!

— Estava há nove meses sem atuar. A diferença da última partida para essa é que meu pai estava me assistindo. Hoje, eu não tenho mais ele. Foi meu grande incentivador — disse à TV Globo.