Justiça nega pedido da CBF e decide manter suspensão de Flamengo x Palmeiras

Partida estava marca para este domingo, às 16h, mas está adiada por conta de surto de Covid no Rubro-Negro

O Tribunal Regional do Trabalho do Rio de Janeiro decidiu indeferir, na manhã deste domingo, a solicitação do mandado de segurança feito pela CBF e optou por manter a suspensão da partida entre Flamengo e Palmeiras, que aconteceria às 16h, no Allianz Parque.

A decisão de suspender a partida foi tomada no último sábado, após um pedido do Sindeclubes, sindicato que representa funcionários de clubes do Rio de Janeiro. Na decisão, TRT-RJ alegou que a partida representa “risco elevado de contágio” para os envolvidos.

Agora, caso queira realizar a partida, a solução para a CBF será entrar com recurso no Tribunal Superior do Trabalho (TST).

Ao todo, a equipe carioca conta com mais de 33 casos de Covid-19 após viagem para o Equador. Deste total, 19 são jogadores. Mesmo com a suspensão, a delegação rubro-negra está em São Paulo, aguardando uma decisão definitiva sobre a realização ou não da partida. 

A decisão original foi tomada após uma ação do Sindeclubes, sindicato que representa funcionários de clubes do Rio de Janeiro. No documento, a entidade alegou “risco elevado de contágio” de coronavírus para os funcionários envolvidos na partida.