Fla processa Deputado após dizer que clube “queimou crianças”

O Flamengo se mobilizou contra o deputado estadual de Minas Gerias, Iran Barbosa, que citou a a tragédia no Ninho do Urubu em discussão.

EXTRA GLOBO: A diretoria do Flamengo se mobilizou contra comentários do deputado estadual de Minas Gerias, Iran Barbosa, que foi ao Twitter comentar o possível adiamento da partida contra o Palmeiras. No entanto, o tom foi de acusação e citação da tragédia no Ninho do Urubu, ainda em 2019.

“O Flamengo é realmente um clube em outro patamar. Bancado uma vida inteira com patrocínios estatais, títulos duvidosos e até 7 pênaltis em sete jogos seguidos na luta contra o rebaixamento. Agora isso. Gente, desculpa, mas a verdade é que o Flamengo tem uma história tão nefasta que só falta os caras queimarem crianças até a morte em um incêndio irresponsável”, disse Barbosa, em referência ao incêndio no CT do clube, com dez mortos, em 2019.

Foto: Screenshot / Twitter

O vice de futebol Marcos Braz foi o primeiro a escrever para o deputado.

“Você é um imbecil de escrever isso”.

Em seguida, outro dirigente postou. O vice-jurídico Rodrigo Dunshee, indicando que o clube vai processar o político por suas declarações.

“Braz, somos os atuais Campeões do Brasileiro, da Libertadores, Supercopa, Recopa, Carioca. Sem falar em tudo que ganhamos como o Mundial. Não se incomode com isso. Os cães ladram e a caravana passa. É irrelevante e invejoso. Deixa o oficial de justiça procurar ele lá”, postou o vice-jurídico do Flamengo, Rodrigo Dunshee.

Foto: Screenshot / Twitter