Flamengo vive expectativa de Gabigol enfrentar o Palmeiras

O atacante não está com coronavírus, mas ainda trata de lesão muscular na coxa e não sabe quando voltará a atuar.

FOTO: ALEXANDRE VIDAL/FLAMENGO

COLUNA DO FLA: O Flamengo vive uma onda de baixas no elenco do futebol profissional, sobretudo por conta do surto de Covid-19, porém, esse não é o único motivo que tem gerado desfalques. O atacante Gabigol, por exemplo, não está contaminado, mas ainda trata de lesão muscular na coxa direita e não sabe quando voltará a atuar. Nesta quinta-feira (24), o camisa 9 realizou novas atividades de recuperação, com uma leve corrida em volta do campo.

De acordo com informação divulgada inicialmente pelo jornal O Dia, o treino leve marcou o dia de atividade do jogador, que se reapresentou junto ao elenco. Esta foi a primeira atividade do plantel rubro-negro desde o retorno do Equador, onde encarou Independiente del Valle e Barcelona, em jogos pela Copa Libertadores da América.

Vale destacar que Gabigol está tratando do problema desde o último domingo (20) e sequer entrou em campo na última partida. Sem ele, quem ficou na responsabilidade de comandar o ataque do Flamengo foi Pedro, que marcou um gol e teve atuação decisiva no triunfo por 2 a 1 sobre o Barcelona de Guayaquil.

Ainda sem saber se terá o artilheiro à disposição, o Flamengo já iniciou a preparação para o compromisso deste domingo (27), que será contra o Palmeiras, na 11ª rodada do Campeonato Brasileiro. No entanto, vale frisar que, apesar do início dos treinos, o Fla ainda espera que a partida seja adiada, uma vez que tem mais de 20 jogadores infectados pelo Covid-19 – além de membros da comissão do futebol – assim acreditando que a realização do jogo ofereça risco à saúde de atletas e demais profissionais envolvidos.