Flamengo mantém posicionamento sobre volta do público aos estádios, mesmo com surto de COVID-19 no elenco

Flamengo torcida
FOTO: ISABELLE COSTA / COLUNA DO FLA

URUBU INTERATIVO: A Bruxa continua solta nos lados do Ninho do Urubu. O Flamengo tem hoje 27 casos de Covid-19 positivos, somando elenco, comissão técnica e até mesmo dirigentes. Esse surto no Rubro-negro, acabou acontecendo na pior hora possível, logo se começavam as conversas com a CBF sobre a possível volta do público aos estádios.

Quer ficar sempre informado sobre as últimas notícias do Flamengo? Clique aqui e baixe! É grátis!

A diretoria rubro-negra segue firma com a sua postura em relação ao assunto. De acordo com o jornalista do UOL, Rodrigo Mattos, a diretoria do Flamengo vai defender o retorno de público aos estádios na reunião com os outros clubes e com a CBF.

O Ministério da Saúde aprovou o plano da Confederação de volta do futebol com 30% da capacidade. Nesse sentido, o Flamengo entende que trata-se de uma questão pública, enquanto a CBF planeja uma volta geral  em todos os estados. Prefeituras de São Paulo e Belo Horizonte já sinalizaram que não vão autorizar.

A prefeitura do Rio de Janeiro, através do prefeito Marcelo Crivella, autorizou na última semana a volta de 30% do público aos estádios, mas  o governo do estado vetou e pediu uma reunião com os órgãos competentes para debater o assunto.