“Não é ódio, é amor”, dispara Jorge Jesus sobre memes do Flamenguistas

Jorge Jesus teve uma passagem que já está na história do Flamengo e no emocional dos torcedores Rubro-negros. O técnico Português, até então desconhecido por aqui, conquistou títulos, jogos que encantaram quem os via e uma tremenda dor de cotovelo nos técnicos Brasileiros.

Pelo o que Jorge Jesus fez , estará eternizado, no entanto, sua saída repentina e o assédio de seu novo clube à jogadores do Flamengo como Bruno Henrique e Geron, acabou não agradando muito torcedores, que reclamaram muito nas redes sociais na época.

Uma das “explicações” para sua saída, Jesus falou que precisava ajudar o Benfica e que almejava o título da UEFA Champions League, no entanto, o clube foi eliminado na fase preliminar da competição para o PAOK da Grécia, pelo placar de 2×1, o que acabou gerando a “satisfação” de muitos rubro-negros, que não perdoaram seu ex-treinador e lotaram as redes sociais de mensagens e memes “zoando” o Português.

A atitude dos torcedores do Flamengo, acabou repercutindo em Portugal e logicamente chegou aos ouvidos de Jorge Jesus, que em entrevista, comentou o ocorrido.

“50 milhões me amavam. Todos os jogos no Maracanã era 70 mil. Todos os jogos. Não é ódio. É amor. Eu sei que os adeptos do Flamengo querem que o Benfica perca. Por um motivo. Eu sei qual é o motivo”, disparou Jorge Jesus.

O treinador Português ainda tem para a temporada 20/21, o Campeonato Português, a Copa de Portugal e a Liga Europa.

Fonte: Urubu Interativo