‘Se não aceita ser preservado, Gabigol precisa corresponder’, afirma Mauro Cezar

Na opinião do comentarista, camisa 9 deixou a desejar contra o Ceará

FOTO: ALEXANDRE VIDAL / FLAMENGO

Mauro Cezar criticou a atuação de Gabigol na derrota do Flamengo para o Ceará, no último domingo. Para o comentarista, o camisa 9 precisa corresponder dentro de campo, já que não gostou de ser poupado em outras partidas pelo técnico Domènec Torrent.

“O senhor Gabigol tem que ser questionado por uma razão muito simples: um jogador que sai de campo — oficialmente ninguém disse isso, mas você conversa com as pessoas sobre bastidores e todos confirmam que ele ficou de fato zangado contra o Fortaleza, oito dias antes, porque não foi titular. Entrou, fez o gol e saiu com raiva —. O cara que se acha nessa situação, ele não pode perder esse tipo de gol, simples assim”, disse Mauro durante o podcast Posse de Bola, do “UOL”.

“Ele ontem perdeu dois gols que não pode perder, um jogador caro como ele e que não aceita ficar na reserva. Se você não aceita ficar na reserva, você vai ter que decidir todo jogo, irmão. A bola pintou na tua frente, você vai ter que guardar. Para quê? Para mostrar ‘viu porque eu não posso ficar na reserva? Eu não erro, ou eu erro uma vez a cada cem’. Não é assim, a estatística dele não é essa”, completou.

Deixe uma resposta