Maracanã pode ter jogos com torcida no mês de outubro; FERJ e Prefeitura alinham protocolo


A Prefeitura do Rio de Janeiro, junto à Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro e o Complexo Maracanã se reuniram hoje por videoconferência para discutir sobre o protocolo de biossegurança para o retorno do público ao Maracanã. Segundo o jornal O Globo, a reunião mostrou que não será possível a volta em setembro, mas está sendo debatida a possibilidade de volta de um terço da torcida em outubro.

No caso do Maracanã, a ideia é que sejam apenas 20 mil lugares ocupados, mas as autoridades de saúde ainda trabalham com um valor pouco acima de 10 mil pessoas. Como gestores do estádio, Flamengo e Fluminense vão apresentar, pela empresa Maracanã, um plano para receber esta parte do público respeitando as regras de higiene já vistas no protocolo do Estadual.

Além disso, o Botafogo deverá fazer o mesmo que o Flamengo e o Fluminense no estádio Nilton Santos, e o Vasco para São Januário, ambos com capacidade menor que o Maracanã. A Ferj, então, vai levar esses estudos para a Prefeitura e para a CBF, que não participou do primeiro debate. A entidade máxima do futebol brasileiro só vai se envolver diretamente após sinal verde das prefeituras.

Leia também: Dorival revela que jogadores do Fla o compararam ao trabalho de Jesus: “Me ligavam”

Outros órgãos públicos que também precisam dar a opinião são a Polícia Militar, a Vigilância Sanitária e a CET-Rio, uma vez que a questão dos acessos aos estádios é mais preocupante que o público dentro deles. Foi informado também que até o fim desta semana, será feita mais uma reunião com representantes de outros órgãos públicos.

Fonte: Coluna do Fla

Deixe uma resposta