“Se não derem oportunidade, como saberemos?”: ex-goleiro do Flamengo sai em defesa de Gabriel Batista


Após o titular Diego Alves e o reserva imediato César terem sido diagnosticados com Covid-19, caiu nas mãos de Gabriel Batista a responsabilidade de assumir o gol do Flamengo. Com 22 anos, o jovem goleiro tem dividido opiniões dentro da torcida do Mengão. Alguns torcedores entendem que Gabriel não está preparado para tamanha responsabilidade. Por outro lado, o garoto vem recebendo apoio de ídolos e ex-jogadores da posição.

Depois de Julio César e o próprio Diego Alves terem demonstrado apoio a Gabriel Batista, foi a vez de Cantarelli. O goleiro que mais vestiu o Manto Sagrado, disse em entrevista ao site Esportes News Mundo, que as críticas a Gabriel Batista são ‘exageradas’. E ressaltou que ‘jogador criado no clube, sabe o que representa vestir a camisa do Flamengo’.

“Se não derem oportunidade, como saberemos? Quem foi criado no Flamengo sabe o que representa vestir a camisa. O Flamengo sempre revelou bons goleiros. Todo goleiro precisa ter dez bons jogadores ao seu lado. Acho que hoje o clube tem e isso facilita muito a segurança de um jovem goleiro. Hoje as cobranças são exageradas a esse menino”.

LEIA TAMBÉM: Marcos Braz recusa convite para ser vice-prefeito na chapa de Eduardo Paes

Cantarelli defendeu o Flamengo entre 1973 e 1990. Durante esse tempo fez mais de 500 jogos com a camisa do Mais Querido. Antes de assumir a titularidade foi reserva de outros grandes arqueiros da história do Flamengo, como Raul Plasmann e Fillol. O ex-jogador também foi preparador de goleiros do Mais Querido.

Deixe uma resposta