Marcos Braz recusa convite para ser vice-prefeito na chapa de Eduardo Paes

Foto: Alexandre Vidal / CRF

O atual dirigente do Flamengo, Marcos Braz, vinha sendo especulato para ser vice-prefeito na chapa encabeçada por Eduardo Paes, deputado filiado ao partido Democratas, e foi prefeito do Rio de Janeiro de 2009 até 2017.

Mas a ideia acabou descartada. Apesar disso, ainda existe chance de que Braz seja candidato a vereador na capital do Rio.

A informação foi dada pelo site GE da Globo, ainda de acordo com o site, a decisão de Marcos Braz aconteceu por conta da demora do DEM em definir qual partido iria compor a chapa. Com isso, o dirigente do Fla comunicou a decisão na semana passada diretamente para o presidente regional do partido, Altineu Côrtes.

Marcos Braz é um dos dirigentes mais vencedores da história do Flamengo, o diretor estava nas campanhas de 2009 e 2019, ambas o time foi campeão brasileiro e em 2019, a famosa tríplice coroa.

Deixe uma resposta