Jornalista afirma que Gabigol é ‘especial’ e dispara: “É o maior jogador do futebol brasileiro”

Quem é gabigol?
Foto: Reprodução

O Flamengo entrou em campo no último sábado (05), para enfrentar o Fortaleza, no Maracanã. Considerado um dos jogadores mais importantes do elenco, Gabriel Barbosa começou a partida no banco de reservas e só entrou no segundo tempo quando, no fim do jogo, marcou o gol que garantiu a vitória de 2 a 1 para o Fla. Vale lembrar que, na ocasião, o jogador voltava de um desconforto no tornozelo que o fez ser poupado na partida contra o Bahia na rodada anterior. O treinador Domènec Torrent, por sua vez, é um adepto ao rodízio no elenco.

Em participação no podcast ‘Posse de Bola’, do Uol Esporte, o jornalista Arnaldo Ribeiro disse que Gabigol é um jogador especial. Além disso, o comentarista fez questão de ressaltar que o atacante é o maior jogador do futebol brasileiro na atualidade e, por isso, não merece ficar no banco. Ele ainda prosseguiu dizendo que, apesar de existir rodízio em diversos times considerados grandes, os principais jogadores nunca deixam de entrar em campo e exemplificou com Messi, Neymar e Cristiano Ronaldo. Para Arnaldo, Gabigol deveria ser “esse jogador”.

LEIA TAMBÉM: Flamengo não perde para o Fluminense no Brasileirão desde 2016

— Tem jogadores que são especiais, e o Gabigol é o maior jogador do futebol brasileiro na atualidade. Não deu certo na Europa porque não consegue entender essa coisa do rodízio, é verdade também. Agora, ele é diferente dos outros, ele queria jogar contra o Fortaleza, ele descansou contra o Bahia. Ele gosta de jogar todas as partidas, assim como Messi, assim como o Cristiano e assim como o Neymar. Tem rodízio em todos esses times, mas o Messi joga todas, o Cristiano joga todas e o Neymar joga todas -, disse, antes de completar:

— Gabigol não é um jogador que se desgasta de uma forma que não consiga jogar o tempo todo do mesmo nível. Não, ele vai querer jogar todas as partidas. Ele é capaz de decidir a maioria dos jogos, então eu imagino que o Flamengo mantenha o seu rodízio, mas que o Gabriel esteja fora do rodízio depois de tudo o que aconteceu. Isso acontece em vários clubes da Europa e acontece em alguns clubes do Brasil também. Mas o Gabigol tem que jogar todas, porque é um jogador diferente. Bruno Henrique não é do mesmo jeito, o Arrascaeta não é do mesmo jeito, o Everton Ribeiro não é do mesmo jeito, o Gabigol é especial e vai querer jogar todas, esse é o fato -, finalizou.

O Flamengo volta a entrar em campo nesta quarta-feira (09), para enfrentar o Fluminense, pela nona rodada do Campeonato Brasileiro. O Fla-Flu acontece às 21h30 (horário de Brasília), no Maracanã e terá transmissão da TV Globo, além do Premiere. O clássico carioca, inclusive, é o segundo no torneio nacional nesta temporada. Antes, o Mengão empatou em 1 a 1 com o Botafogo.

Deixe uma resposta