Escalação do Flamengo: sem Pedro Rocha e Bruno Henrique, equipe deve ter retorno de Gabigol

Atacante foi reserva contra o Fortaleza, mas fez o gol da vitória. Expectativa também é por novas mudanças devido ao rodízio estabelecido pelo treinador

Gabigol em treino do Flamengo — Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

Domènec Torrent só vai definir o time do Flamengo para o clássico contra o Fluminense nesta quarta-feira. Até lá, irá considerar as opções que tem para montar o ataque rubro-negro: se por um lado não tem Pedro Rocha e Bruno Henrique, ainda lesionados, a tendência é de que o treinador promova a volta de Gabigol à equipe titular.

Pedro foi o titular contra o Fortaleza, com Gabigol no banco – o atacante entrou no segundo tempo e fez o gol da vitória. Agora, recuperado de uma entorse no tornozelo e com mais tempo de treino, o jogador tem mais chances de recuperar sua vaga na equipe e começar a partida.

Existe também a expectativa de mudanças na defesa. Adepto do rodízio de jogadores, Dome, até agora, só não poupou o zagueiro Rodrigo Caio, jogador com maior minutagem no elenco. Caso ele fique fora, as opções são Thuler, Gustavo Henrique e Léo Pereira.

LEIA TAMBÉM: Flamengo recusa oferta do Benfica por Bruno Henrique e Gerson

No gol, Gabriel Batista terá nova oportunidade. Os dois atletas à sua frente no elenco ainda se recuperam da Covid-19: Diego Alves e Cesar.

Assim, uma provável escalação do Flamengo é a seguinte: Gabriel Batista, Isla (Matheuzinho), Rodrigo Caio (Gustavo Henrique ou Thuler), Léo Pereira e Filipe Luís; Willian Arão, Thiago Maia (Gerson), Everton Ribeiro e Arrascaeta; Gabigol e Pedro (Vitinho ou Michael).

O Flamengo enfrenta o Fluminense às 21h30 (de Brasília) desta quarta-feira, no Maracanã. A partida é válida pela nona rodada do Campeonato Brasileiro.

Deixe uma resposta