Jovem celebra passe para Gabigol e é elogiado por treinador do Flamengo

Matheuzinho entrou na etapa final diante do Fortaleza, no Maracanã, e deu a assistência decisiva para Gabriel Barbosa marcar o gol da vitória rubro-negra no sábado

Matheuzinho foi acionado por Dome Torrent na segunda etapa contra o Fortaleza (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)

LANCE: A partida contra o Fortaleza teve como destaque Everton Ribeiro e Gabriel Barbosa, autores dos gols que garantiram a terceira vitória consecutiva do Flamengo no Brasileirão. Contudo, o triunfo também foi especial para outro atleta rubro-negro. Trata-se do lateral-direito Matheuzinho, cria do Ninho do Urubu, que entrou na etapa final e deu a assistência decisiva para o camisa 9.

Ganhando minutos com Domènec Torrent, o jovem comemorou o fato de ter colaborado com a vitória e fez elogios ao trabalho do grupo do Rubro-Negro.

– Só nós sabemos o quanto estamos trabalhando para vencer cada dia mais. Fizemos por merecer – afirmou Matheuzinho, à FlaTV, antes de completar:

É um passe que treino toda vez. Fui abençoado aos 40 do segundo tempo em dar esse passe para o Gabigol e a gente sair com a vitória – disse o camisa 34.

DOME ELOGIA ISLA E O GAROTO DO NINHO

A saída de Rafinha deixou uma lacuna na lateral direita do Flamengo, mas a direção rapidamente trouxe Maurício Isla para ser o substituto do camisa 13, que partiu para o Olympiacos, da Grécia. O chileno chegou bem, e, em boa forma física, logo assumiu a vaga e já vem se destacando nos primeiros jogos.

Contudo, Dome também falou que Isla entrará no rodízio e será poupado em determinados jogos, o que abrirá espaço para Matheuzinho. Após disputar o Estadual com a equipe alternativa do Flamengo, o jovem não havia sido mais acionado até agosto, pelo técnico espanhol, quando foi titular no clássico com o Botafogo. Contra o Fortaleza foram mais 18 minutos em campo, e, assim, o Rubro-Negro vai ganhando opções para a posição, a qual Dome falou sobre.

– Em duas semanas (Isla )estará em uma forma ótima. Último jogo na Turquia tinha sido em março. Quer jogar sempre, mas temos que ir aos poucos. Próxima partida é em quatro dias, vai poder atuar. Mas também fiquei feliz com Matheus. Vamos sempre conversar com os atletas, com o médico…

Deixe uma resposta