Diretor executivo vê time de Domènec Torrent com DNA do Flamengo: “Agressivo e ofensivo”

Treinador catalão tem sofrido críticas pela mudança de desempenho do time rubro-negro

FOTO: ALEXANDRE VIDAL/FLAMENGO

HASHTAG RUBRO NEGRO: O técnico Domènec Torrent completou um mês de Flamengo sob críticas pelas mudanças radicais no modelo de jogo do time rubro-negro. Apesar das cornetas de torcida e até imprensa, Dome está bem respaldado perante a diretoria do Mengão.

Em entrevista ao podcast do GLOBO, ’30 Minutos de Flamengo’,
o diretor executivo de futebol Bruno Spindel bancou a permanência do catalão e pediu paciência já que o vê com o mesmo DNA rubro-negro.

Óbvio que tem diferenças da forma de jogar dele em relação ao que o Jorge Jesus pensava, mas são ideias de acordo com o DNA do Flamengo. Agressivo e ofensivo. São ambas vencedoras da sua forma, comprovadamente“, disse o dirigente.

A publicação destaca que houve um pacto entre jogadores, a nova comissão técnica e a cúpula de futebol do clube para se adequarem ao modelo de futebol desejado por Dome. Em campo, já é possível dizer que não há mais sinais do estilo deixado por Jorge Jesus ainda na conquista do título carioca.

Até o momento, o treinador catalão soma seis jogos à frente do Mengão e possui um retrospecto de duas vitórias, dois empates e duas derrotas – todos os jogos disputados no Brasileirão 2020.

Deixe uma resposta